O Esporte na construção da democracia

Artigo escrito por Carlos Geraldo, Secretário Nacional de Alto Rendimento do Ministério do Esporte e presidente licenciado do PRB Pernambuco

Publicado em 29/06/2015 - 00:00

“Não há democracia efetiva sem um verdadeiro poder crítico” como assinala Pierre Bourdieu, um dos maiores sociólogos da modernidade. E como despertar esse saber crítico se não por meio de ações que incluam a sociedade nesse processo? O Esporte é um grande agente social, pelo que desempenha papel fundamental na formação da cidadania. Sabemos que a desigualdade dialoga com a violência e como resultado dessa relação, vemos todos os dias milhares de jovens envolvidos no crime e na marginalidade.

Para muitos as atividades esportivas têm função tão somente de proporcionar entretenimento e lazer. Não apenas. Além de contribuir para qualidade de vida e aumentar a autoestima, aproxima pessoas diferentes, rompe preconceitos e democratiza o espaço. O Esporte, além de notável ferramenta de inclusão social, -porquanto é uma poderosa arma de combate às drogas, à violência e tantas outras mazelas consequentes da desigualdade- educa e desperta a perspectiva de um futuro melhor, bem como a realização de sonhos. Destarte, esse envolvimento tem grande relação com o poder crítico pontuado por Bourdieu, visto que independentemente da atividade física a ser executada, é primordial o controle emocional, exercício da mente, estratégia e raciocínio. Atributos, por vezes, escassos na sociedade diante de importantes escolhas.

O Brasil, mesmo tão conhecido pelo futebol, é celeiro de milhares de talentos em diversas modalidades, por isso, colecionador de títulos e medalhas. Contudo, mais do que colecionar títulos, é jogar no time dos que convergem todos os grupos sociais na grande arena desigual que é o nosso país. O Esporte faz isso. Para tanto é necessário incentivo, investimento e valorização do atleta brasileiro, dessa forma chegaremos ao pódio da inclusão social consoante a tão sonhada democracia.

*Artigo escrito por Carlos Geraldo, Secretário Nacional de Alto Rendimento do Ministério do Esporte e presidente licenciado do PRB Pernambuco.

Reportar Erro