FRB realiza mais cinco palestras do projeto “Política pra quê?” no DF

Estudantes do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos foram esclarecidos sobre as funções da política no ambiente social

Publicado em 12/06/2017 - 00:00

Riacho Fundo II (DF) – O Centro de Ensino Fundamental 01 da Região Administrativa do Riacho Fundo II recebeu, pela segunda vez, a equipe da Fundação Republicana Brasileira (FRB), em continuidade ao projeto de conscientização “Política pra quê?”. No total, mais cinco palestras foram realizadas aos estudantes do 8º e do 9º anos, do período vespertino, e aos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), do período noturno, na quinta-feira (8). Cidadania, democracia, voto, respeito e zelo pela escola foram alguns dos temas abordados.

O palestrante Paulo Fernando Vasconcelos despertou o interesse do público para a compreensão da influência direta que a política promove no cotidiano. “Um cidadão bem informado age de maneira consciente, não aceita favorecimento e compreende sua responsabilidade para mudar os rumos do país. Qual escola estamos construindo? Qual futuro queremos alcançar? Isso depende do nosso entendimento a respeito do ambiente que nos cerca e também, do processo político”, explicou.

A dona de casa Aline Firmiano, de 31 anos, tem três filhos e estuda no período noturno da EJA. Perguntada sobre sua impressão sobre lidar com o tema política no ambiente escolar, ela declarou: “É muito importante. Gostei da palestra porque traz clareza pra gente e até pros filhos da gente, que estudam na escola. Quando chegar a época deles votarem, eles vão saber, vão estar bem conscientes de quem votar. É importante pra gente, o brasileiro tem que saber votar”, disse.

Já o mecânico de máquinas pesadas, Israel, de 48 anos, destacou a importância da família e dos bons exemplos para provocar as mudanças positivas que o Brasil necessita. “A mudança política do nosso país precisa começar na família, passar pela educação e acredito que, a longo prazo, teremos resultados. O político precisa ter currículo, história e fazer alguma coisa pela Nação. Precisamos de honestidade em nosso país. Como o professor falou, a educação começa dentro de casa. Às vezes, nós, pais, estamos fabricando corruptos, quando nossos filhos nos veem mentindo ou fazendo algo errado. A mudança começa quando eu mostro para o meu filho que sou honesto”, enfatizou.

Consta no cronograma do projeto “Política pra quê?”, da FRB, o atendimento a mais escolas do Distrito Federal. O objetivo é conscientizar os estudantes sobre seu papel social e, de forma clara e com linguagem acessível, abordar as potencialidades transformadoras do cidadão politizado.

Texto: Suellen Siqueira / Ascom – FRB
Fotos: Carlos Gonzaga / Ascom – FRB

 

Reportar Erro