É capaz quem pensa que é capaz

Artigo escrito por Telma Franco, presidente da Fundação Republicana Brasileira

Publicado em 20/06/2016 - 00:00

O curso da vida da gente é um processo contínuo de evolução. Estamos sempre aprendendo algo, fazendo uma coisa nova ou dando um passo além na nossa caminhada. O mundo é dinâmico e nós também somos. Portanto, devemos estar sempre prontos para seguir, para nos adaptar e para melhorar.

Deve-se andar para a frente. Mas não é proibido olhar para trás. Especialmente se for para recordar as lições aprendidas que nos prepararam para os novos desafios. Cada momento, cada função exercida, cada erro, cada acerto, cada bronca recebida e cada nova responsabilidade assumida nos dá instrumentos para enfrentar o que vem a seguir. Um dia nos prepara para o outro.

Nesse sentido, ao ser indicada e ter aceito a responsabilidade de conduzir a Fundação Republicana Brasileira, consigo ter a medida da responsabilidade que me foi confiada: promover a mudança pela educação política em um país onde as autoridades e as instituições vivem grave crise de credibilidade.

Nosso dever é estimular as pessoas a participarem da política não apenas como consumidoras daquilo que os representantes eleitos produzem, mas como condutoras dos seus destinos e donas de sua vida individual e coletiva. A palavra-chave é “empoderamento”, pois, a partir do instante em que a pessoa interioriza sua responsabilidade e se dedica a mudar sua realidade, tudo de fato se transforma.

O desafio é grande, mas a escola que me preparou é forte. As lições ensinadas por todos os presidentes anteriores da Fundação com os quais tive a honra de trabalhar me prepararam para dar prosseguimento à essa corrente de conhecimento e espírito público. Todas as jornadas com os colaboradores, voluntários e professores da FRB também ficaram gravadas em mim como um testemunho de que tudo serve a um propósito bom e maior. Sou grata à executiva nacional do PRB pela oportunidade.

Portanto, reitero o convite que a Fundação tem feito a todos durante a sua curta história para que possamos seguir juntos nosso caminho da edificação do nosso país. Somos capazes de fazer a diferença. Mesmo a menor contribuição é importante para o sucesso dessa nossa tarefa de, como dizia Paulo Freire, reduzir a distância entre o que se fala e o que se faz.

Um forte abraço a todos que acreditam no potencial do povo brasileiro. Em especial, da mulher brasileira.

*Telma Franco é presidente da Fundação Republicana Brasileira

 

Reportar Erro