Aulas inaugurais de idiomas movimentam semana na FRB

Ao todo, 300 novos alunos foram contemplados com os cursos gratuitos

Publicado em 16/02/2017 - 00:00

Brasília (DF) – A semana na Fundação Republicana Brasileira (FRB) começou agitada. Na manhã dos dias 13 e 14/2 (segunda e terça-feira), a instituição recebeu os estudantes contemplados com os cursos de idiomas oferecidos gratuitamente. No primeiro dia de aula, os alunos participaram de uma atividade diferente e assistiram a uma breve apresentação para conhecer um pouco da história da instituição, normas internas e metodologia de ensino.

Em outubro do ano passado, a entidade abriu as inscrições para as classes de inglês e espanhol. Na oportunidade, 300 pessoas se inscreveram para o processo seletivo. Para a líder da instituição, Telma Franco, a estrutura dos cursos de idiomas é estratégica e busca a eficácia. “Fizemos diversas reuniões com a coordenação pedagógica para chegar a um método que trabalhe 100% a conversação e a gramática. Por este motivo o curso será intensivo, com duração de 12 meses”, explicou a presidente.

A estudante Elua da Silva conheceu a FRB por indicação de uma amiga. “Gostei muito da infraestrutura e da recepção. Procurei o curso porque é importante falar outra língua e buscar novos conhecimentos. Pretendo fazer intercâmbio e o inglês vai me ajudar bastante. Saber que o professor é nativo me deixou mais entusiasmada”, disse.

Paulo de Tarço é aposentado, concluiu ano passado o curso de inglês e não via a hora de iniciar o de espanhol. “Não medi esforços quando abriram as turmas e logo fiz minha inscrição. Quero muito falar espanhol e, com essa oportunidade, tenho mais é que aproveitar”, destacou.

Cursos de idiomas

Desde 2011, a FRB oferece gratuitamente cursos de idiomas para a população. As inscrições são efetivadas no portal da entidade. O processo seletivo é feito por meio de questionário socioeconômico. A instituição visa atender membros da comunidade que não possuem condições financeiras de custear uma formação particular. Os professores são nativos e incentivam a fala e a escrita por meio de atividades dinâmicas e interativas.

Texto: Ascom FRB
Foto: Carlos Gonzaga / Ascom – FRB

Reportar Erro