A política e a sociedade

Paulo Cesar Oliveira é presidente da Fundação Republicana Brasileira

Publicado em 22/06/2015 - 00:00

Precisamos reconhecer que a nossa jovem democracia está diante de uma situação paradoxal. A população está distante das instituições políticas e daqueles que receberam a incumbência de representá-la nas diversas esferas, seja no Poder Executivo ou Legislativo. Citada em artigo anterior, pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística – IBOPE Inteligência em 2013, que estabelece o chamado Índice de Confiança Social (ICS), aponta que, ao longo dos anos, estas instituições vêm perdendo a confiança da sociedade.

Em mais de 500 anos de história, temos menos de 50 anos de exercício da liberdade de expressão pelo voto direto, de escolhermos quem irá nos representar para decidir os rumos que serão tomados em favor da população. Embora nossos representantes tenham recebido através do voto um poder de “procuração”, estamos diante de uma ausência de legitimidade. Existem vários instrumentos de participação popular, como plebiscitos, referendos, audiências públicas, entre outros, mas a sociedade ainda está alheia ao processo de participação.

Se as pessoas não se aproximam da política, cabe à política se aproximar das pessoas. Este tem sido o norte do trabalho que a Fundação Republicana Brasileira procura desenvolver, por meio dos cursos de política, seja na modalidade presencial ou on-line. Mais de 12 mil pessoas já tiveram esta oportunidade, sendo 11 mil delas, aproximadamente, nos cursos presenciais. É imprescindível que a população tenha um espaço democrático para debate e liberdade de expressão, para sentir-se útil no processo político. Todas as camadas sociais precisam participar, contribuir para o fortalecimento das instituições que as representam.

Estou convencido de que a FRB pode colaborar de forma relevante neste processo de construção, de aproximação da sociedade com a política. Os relatos de pessoas que já participaram dos nossos cursos reforçam isso e me fazem acreditar que este é um caminho importante para a consolidação da nossa democracia.

*Paulo Cesar Oliveira é presidente da Fundação Republicana Brasileira

Reportar Erro