Vereador comemora lançamento do prêmio “Capoeira Viva nas Escolas”

Luiz Carlos (Republicanos) é autor da lei que reconhece a capoeira como expressão cultural e esportiva, de caráter educacional e formativo

Publicado em 03/09/2019 - 00:00

Salvador (BA) – O vereador Luiz Carlos de Souza (Republicanos) comemorou, durante a sessão plenária de segunda-feira (2), a abertura das inscrições para o prêmio “Capoeira Viva nas Escolas”, cujo objetivo é promover a salvaguarda e o incentivo à prática artística-esportiva-cultural no contraturno escolar das instituições municipais de ensino de Salvador. A medida atende a Lei 9.072/2016, de autoria do parlamentar, que reconhece a capoeira como expressão cultural e esportiva, de caráter educacional e formativo.

“Assim como a capoeira, que esperou muito tempo para ser reconhecida como Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade, nosso projeto, oriundo de diversas reuniões, debates e consultas a mestres e contramestres, também enfrentou diversos obstáculos tanto para o sancionamento da Lei, em 2016, quanto para sua implementação. Mas nunca desistimos! E agora estou feliz de compartilhar com todos essa vitória”, afirmou Luiz Carlos, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Capoeira.

Fruto de parceria entre a Fundação Gregório de Mattos (FGM) e a Secretaria Municipal de Educação (Smed), o edital receberá propostas até o dia 11 de outubro, por meio do site www.capoeiravivanasescolas.salvador.ba.gov.br.

Serão selecionadas dez propostas, uma por Gerência Regional de Educação (GRE) em cada território de Salvador, através de um financiamento no valor de R$ 40 mil por projeto. Elas devem ser executadas entre os meses de fevereiro e julho de 2020, por mestres, contramestres, professores ou instrutores de Capoeira. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail capoeiravivanasescolas@ salvador.ba.gov.br.

Texto e foto: Ascom – vereador Luiz Carlos

Reportar Erro