Roraima terá Unidade Avançada de Prevenção do Câncer

Vereadora Dra. Magnólia Rocha (PRB) esteve no Palácio Senador Hélio Campos, onde o governador de Roraima anunciou a construção da unidade

Publicado em 05/07/2019 - 00:00

Boa Vista (RR) – A vereadora Dra. Magnólia Rocha (PRB) participou, no última segunda-feira (1º), da cerimônia de anúncio da construção da Unidade Avançada de Prevenção de Câncer em Roraima, vinculada ao Hospital do Amor de Barretos de São Paulo, que terá capacidade de 6.500 atendimentos por mês. A solenidade aconteceu no Palácio Senador Hélio Campos e contou com a presença de deputados federais, estaduais e profissionais da área da saúde.

A unidade cuidará especificamente do tratamento de pessoas com câncer no estado e a expectativa é que a estrutura promova a realização de um diagnóstico mais precoce da doença, ainda em estágio inicial.

A republicana, que além de vereadora, é médica ginecologista e presidente da Liga Roraimense de Combate ao Câncer, ficou feliz com a nova fase do projeto. “Há muitos anos tenho dedicado a minha vida na luta para que Roraima tenha um hospital especializado no tratamento e diagnóstico do câncer, agora esse sonho começa a se tornar realidade. Porém, o nosso trabalho está só começando, pois vamos cobrar para que as obras possam se iniciar o mais breve possível”, disse a republicana. “Sei que não conseguirei sozinha essa atividade, preciso da ajuda da população para que juntos, possamos, lutar por esse sonho que é de todos nós”, complementou Dr. Magnólia Rocha.

Sobre o projeto

O projeto contará com uma unidade fixa de exames e diagnósticos, além de uma unidade móvel, adaptada para a realização de mamografia digital, exame de papanicolau e rastreamento de câncer de pele. Além da estrutura móvel que realizará o primeiro exame, a unidade fixa contará com exames de ultrassonografia de mama, biópsia de mama e colo de útero, cirurgias de pele e mama, além de consultas médicas nas especialidades e aulas de educação continuada para os profissionais de saúde da região.

A partir do início da obra, a previsão é que a Unidade seja inaugurada em 12 meses.

Texto: Gisele Rocha / Ascom – PRB Mulher Nacional
Foto: Ascom – vereadora Dra. Magnólia Rocha

Reportar Erro