Projeto do vereador Betinho é aprovado e encaminhado ao Executivo

Proposta institui a Semana Municipal de Atenção à Pessoa com Diabetes no município de Campo Grande

Publicado em 23/05/2019 - 00:00

Campo Grande (MS) – Durante a sessão ordinária de terça-feira (21), foi aprovado em primeira votação projeto do vereador Betinho (PRB) que institui a Semana Municipal de Atenção à Pessoa com Diabetes no município de Campo Grande, a ser comemorada anualmente na semana que incluir o dia 14 de novembro.

O objetivo é divulgar os principais sintomas e as unidades de tratamento do Diabetes localizadas no município, preferencialmente as que atendem por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), além de promover debates sobre o tratamento e a importância do diagnóstico precoce da doença e também estimular os cidadãos a realizarem exames específicos e periódicos voltados para o diagnóstico da doença.

“É uma doença séria e que precisa de um tratamento correto. Dessa forma, iremos divulgar ainda mais, sobre o tipo de tratamento e diagnóstico”, ressaltou Betinho.

Saiba mais

No dia 14 de novembro é celebrado o Dia do Mundial do Diabetes, com o intuito de sensibilizar as pessoas acerca da importância de se manter ciente sobre os aspectos desta doença. O Diabetes é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de produção da insulina, caracterizada por altas taxas de açúcar no sangue (hiperglicemia) de forma permanente.

O seu correto tratamento implica em manter uma vida saudável, evitando diversas complicações que surgem em consequência do mau controle da glicemia.

Pacientes com história familiar de diabetes devem ser orientados a manter o peso normal, não fumar, controlar a pressão arterial, evitar medicamentos que potencialmente possam agredir o pâncreas e praticar atividade física regular.

Por este motivo, diversas instituições e associações de prevenção e combate ao Diabetes realizam atividades nesta data com o objetivo de ajudar a conscientizar as pessoas sobre a importância do reconhecimento e tratamento desta doença.

Texto: Ascom – vereador Betinho
Foto: Izaias Medeiros

Reportar Erro