Prefeito Marcelo Crivella entrega área revitalizada na Rocinha

As intervenções, que incluem espaços de esporte, lazer e comércio, são frutos de uma antiga reivindicação dos moradores e comerciantes

Publicado em 17/03/2019 - 00:00

Rio de Janeiro (RJ) – O prefeito Marcelo Crivella (PRB) entregou na sexta-feira (15) área revitalizada na comunidade da Rocinha, em São Conrado, Zona Sul da cidade, levando mais qualidade de vida para milhares de moradores. As intervenções, que incluem espaços de esporte, lazer e comércio, são frutos de uma antiga reivindicação dos moradores e comerciantes. Foram construídos 28 quiosques de alimentação e 16 lojas para ordenar o comércio local, além de incentivar a geração de renda. O projeto contemplou também a reorganização da fiação, distribuída em calhas para reduzir a poluição visual.

“A entrada da Rocinha era complicada. Aqui tinha despejo de lixo, morador de rua, estava muito confuso. Então, foi feito um projeto de arquitetura, fizemos uma academia de jiu jítsu, a quadra foi reformada e pintada, tapamos os buracos dela e recuperamos o telhado, que estava vazando. Agora, o mais importante foi que a gente organizou o comércio. Os pequenos empreendedores vão ter um local arrumado, com pontos de água e de luz, com esgoto”, explicou Crivella.

A requalificação do espaço incluiu a implantação de uma Academia da Terceira Idade e a construção de um parquinho infantil. Cerca de 200 apartamentos tiveram as fachadas e marquises recuperadas, para evitar riscos à segurança de pedestres que passam pela Autoestrada Lagoa-Barra.

Outra melhoria implantada na região foi a nova iluminação da passarela que liga a autoestrada à comunidade. Foram instalados dois postes com canhões de Led, que são mais econômicos, duráveis e aumentam a eficiência da luminosidade.

Contenção de encostas

A Geo-Rio, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação, também vem atuando com obras de contenção de encostas na comunidade para evitar riscos de deslizamentos. Em abril do ano passado, foram concluídas as intervenções nas áreas de Dioneia e Laboriaux, com a instalação de “cortinas ancoradas” e investimentos de R$ 4 milhões. Atualmente, a comunidade passa por obras em outros pontos que apresentaram fragilidades durante os temporais de fevereiro, como na Estrada da Gávea, número 199.

Reforma de escolas

Em outra frente, a RioUrbe reformou as escolas municipais André Urani e Francisco de Paulo Brito, a creche municipal Castelinho e o Ciep Bento Rubião – Todas na Rocinha. O trabalho, encerrado em abril do ano passado, recebeu investimentos de R$ 3 milhões.

Moradores e comerciantes aprovam reforma

As obras de reforma na Rocinha agradaram tanto os moradores quanto os comerciantes da região. Débora Candida da Silva, de 30 anos, vibrou ao saber que as crianças da comunidade, entre elas sua filha Maria Vitória, de 8 anos, terão novos espaços para brincar. “Antes, aqui ficava uma lixeira enorme, tinha muito mosquito e espalhava doenças. Na última enchente minha casa encheu de água. Agora, temos uma nova quadra, onde as crianças vão poder brincar à vontade, sem correr o risco de se machucar”, disse.

Lenio Montanha era outro que não conseguia esconder a alegria pela reforma feita pela Prefeitura. Há 20 anos, ele montou na comunidade uma academia de jiu jítsu, voltada principalmente para crianças e adolescentes de 5 a 15 anos. “Uma maravilha. Agora, que conseguimos esse apoio vamos poder expandir o projeto, ampliar o número de atletas. Antes não tinha vestiários, o banheiro era apertado e unissex”, disse.

O ambulante Williams Robert Dias de Paiva, de 49 anos, também estava feliz por ter sido contemplado com um dos 44 quiosques na entrada da Rocinha. “Mudou muita coisa na minha vida. Estou emocionado. Eu estava desempregado e este quiosque abriu as portas para mim e minha esposa. Vamos poder trabalhar e ter nosso dinheirinho todo mês”, destacou.

Texto: Ascom – Prefeitura do Rio de Janeiro

Reportar Erro