Porto Alegre: Frente do Idoso apresenta propostas

Presidido pelo vereador Alvoni Medina (Republicanos), Colegiado apresentou leis e projetos que estão sendo trabalhados em benefício dos idosos da capital gaúcha

Publicado em 27/08/2019 - 00:00

Porto Alegre (RS) – Na manhã de segunda-feira (26), a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, da Câmara Municipal de Porto Alegre, presidida pelo vereador Alvoni Medina (Republicanos), apresentou as leis e projetos que estão sendo trabalhados em benefício dos idosos da capital gaúcha.

A criação do Centro de Referência do Idoso, que vem sendo idealizada por meio da Unidade do Idoso, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Esporte, é uma iniciativa do vereador Alvoni Medina, o qual propôs ao Executivo, a construção do espaço.

Outra medida que está sendo realizada pelo Colegiado é a construção de projetos que visam melhorar e readequar a vida dos mais de 250 mil idosos do município de Porto Alegre.
De acordo com Medina, a Frente não foi criada para benefício pessoal, ela é um espaço de diálogo entre o poder público, a sociedade civil e as entidades ligadas à causa.

Comui

O Conselho Municipal do Idoso (Comui), órgão gestor da política municipal de assistência a pessoa idosa, apresentou dados oriundos da última conferência municipal e através da aprovação de uma moção de apoio, requer que Porto Alegre sedie a 5° Conferência Intergovernamental da Pessoa Idosa, no ano em que a Capital comemora seus 250 anos.

O atual presidente do conselho, Lélio Falcão, também salientou a importância do cadastramento das instituições de longa permanência de idosos, junto a entidade, pois é necessário ampliar a participação destes locais, junto ao órgão gestor da política do idoso.

Os conselheiros da atual gestão, se colocaram à disposição para retomar o cadastramento destas instituições. Anteriormente, eram apenas 66 cadastradas, hoje já passam das 210 na Câmara de Registros.

Texto: Roberta Brum / Ascom – vereador Alvoni Medina
Foto: Daniel Nascente

Reportar Erro