Mulheres serão prioridade no mandato da vereadora Dra. Cristiane Bacelar

Ela inicia sua trajetória na Câmara Municipal de Camaçari (BA) nesta terça-feira (19) e falou que seu trabalho no Legislativo será dar voz às mulheres

Publicado em 19/02/2019 - 00:00

Camaçari (BA) – A vereadora Dra. Cristiane Bacelar (PRB) já deixou avisado: “As mulheres serão a minha prioridade”. Ela inicia sua trajetória na câmara municipal nesta terça-feira (19) e falou que seu trabalho no Legislativo será dar voz às mulheres.

Entre os principais projetos que a republicana deseja implementar para que a sua prioridade seja garantida estão: intensificação da Lei Maria da Penha, a exigência da penalidade máxima para os agressores e, também, políticas de proteção para a mulher vítima de tentativa de feminicídio.

Há também a expectativa de criação de uma Casa de Acolhimento para jovens mães que terão acompanhamento psicológico e acesso a cursos de formação para serem inseridas no mercado de trabalho. Além disso, ela pretende criar o projeto “Escola sem Gravidez”, que consiste no debate sobre prevenção da gravidez e de doenças sexualmente transmissíveis.

A vereadora explica que ações como essas, são importantes para empoderar as mulheres do local. “Quero fazer uma mudança real no município. Trazer a mulher de volta para a sociedade de uma forma inteira, a mulher como mulher sabendo que ela pode ser o que ela quiser. O desafio é muito grande devido à intensa misoginia que ainda impera por aqui, mas sei que, juntas, unidas, nós mulheres podemos chegar onde quisermos”, finalizou Dra. Cristiane Bacelar.

Saiba mais

Dra. Cristiane Bacelar é sanitarista, dentista e pós-graduada em Gestão Pública. Ela atua na área da saúde há 18 anos. Ao longo desse período de dedicação, ela já atendeu mais de 40 mil pessoas dentro do município de Camaçari. Além disso, ela é a responsável pelo desenvolvimento de um trabalho social que leva tratamentos dentários para comunidades, creches e escolas.

Texto: Gabbriela Veras / Ascom – PRB Mulher Nacional
Foto: Cedida

Reportar Erro