Manoel Neves afirma que prevenção é saída para reduzir violência contra mulheres

Na tribuna da Câmara Municipal de Boa Vista, vereador fez pronunciamento parabenizando as mulheres pelo dia 8 de março

Publicado em 13/03/2019 - 00:00

Boa Vista (RR) – Durante a sessão da câmara municipal de terça-feira (12), o vereador Manoel Neves (PRB) fez pronunciamento parabenizando as mulheres pelo dia 8 de março. Na oportunidade, o parlamentar ressaltou que ações de prevenção são extremamente importantes para a redução dos índices de violência contra a mulher.

Para ele, é preciso investir cada vez mais em campanhas e atividades educativas, buscando a conscientização da população, inclusive das crianças. “Somos autores da lei municipal 1.498 de 2013 que instituiu a Semana Municipal de Combate a violência contra a mulher em Boa Vista. Nossa proposta é que para que no mês de março ocorram ações de sensibilização do cidadão acerca da violência contra a mulher. Precisamos também educar nossas crianças para termos futuramente uma sociedade melhor”, destacou Manoel Neves.

O republicano lembrou que nos dois primeiros meses de 2019, os casos de violência contra a mulher têm sido alarmantes e apontou os dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que afirma que em torno de cinco mil mulheres morrem todos os anos no Brasil, sendo que 40% delas são assassinadas por atuais ou ex-companheiros. “E o Atlas da Violência de 2018 apontou Roraima como o estado com a maior taxa de homicídios contra mulheres. Portanto, é fato que a lei Maria da Penha conseguiu reduzir sensivelmente o processo de violência contra mulher, mas a aplicação da lei ainda é falha. E esse é um dos motivos pelos quais entendo que é preciso investir em campanhas e atividades educativas”, completou.

No entendimento do parlamentar, o investimento no atendimento das mulheres e suas famílias após o ato de violência é importante, mas ações de prevenção precisam fazer parte das políticas públicas também. Segundo ele, no Senado já tramita uma proposta para incluir a prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica, a exemplo do que ocorre com relação aos direitos humanos e a prevenção de violência contra crianças e adolescentes.

“Nós acreditamos que esse é o caminho: prevenir para inibir ou mesmo impedir que esses casos aconteçam. Por isso quero aproveitar para pedir aos colegas apoio para cobrar que a lei 1498/2013 funcione efetivamente e que dentro de algum tempo possamos estar aqui falando de avanços com relação a essa problemática da violência doméstica”, reforçou o vereador do PRB.

Texto e foto: Ascom – vereador Manoel Neves

Reportar Erro