Federações gaúchas são homenageadas por Alvoni Medina

O vereador de Porto Alegre reconheceu o trabalho social desenvolvido por entidades que atuam na causa da pessoa com deficiência

Publicado em 01/10/2019 - 00:00

Porto Alegre (RS) – Seis federações gaúchas que atuam na causa da pessoa com deficiência, foram homenageadas pela Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, presidida pelo vereador Alvoni Medina (Republicanos), na manhã desta segunda-feira (30).

As agraciadas com um diploma alusivo ao Setembro Verde – Mês de Luta das Pessoas com Deficiência, as entidades expuseram seus trabalhos, as dificuldades enfrentadas pela falta de políticas e recursos e também falaram da importância da inclusão como um processo de consciência em toda a sociedade.

Durante o ato, o vereador proponente destacou a importância da colaboração entre todos os poderes, juntamente com as instituições, para que seja dialogado e colocado em prática, um plano de acessibilidade que esteja no alcance de todos, nos mais variados municípios do estado.

Ainda, Medina afirma que a frente é um espaço criado para apoio às federações e demais associações ligadas às pessoas com deficiência. 

As homenageadas foram a Federação das Apaes do Estado do RS – FEPAES, a Federação Riograndense de Entidades de Deficientes Físicos – FREDEF, a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos – FENEIS, a Federação Gaúcha de Entidades de Cegos e para Cegos do RS – FREC, a Rede Gaúcha Pró-Autismo – RGPA e a Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down. 

Fizeram parte da mesa de abertura a vereadora Claudia Araújo, o presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Marquinho Lang, a coordenadora de Políticas da Secretaria Estadual de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Marilú Mourão, o vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência – COEPEDE e o presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência – COMDEPA, Nelson Khalil.

Texto e foto: Roberta Brum / Ascom – vereador Alvoni Medina
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro