Crivella se reúne nesta sexta-feira com o presidente do VLT

Objetivo é discutir o reequilíbrio econômico e financeiro do contrato e debater as questões relativas à futura operação da Linha 3

Publicado em 17/01/2019 - 00:00

Rio de Janeiro (RJ) – O prefeito Marcelo Crivella (PRB) se reúne nesta sexta-feira (18), com o presidente da concessionária que administra o VLT para discutir o reequilíbrio econômico e financeiro do contrato e debater as questões relativas à futura operação da Linha 3.

“Pedimos aos empresários que fizessem uma reunião conosco, que será na sexta-feira, para discutirmos um novo contrato que seja justo. A Prefeitura não pode arcar com sonho que não se realizou, senão o sonho vai virar pesadelo. Na sexta-feira vamos sentar para conversar, com os números nas mãos, e com uma visão mais realista e fazer uma coisa que seja sustentável. Porque muitas coisas que foram feitas na administração passada são insustentáveis. Quando veio a realidade – e ela sempre vem – , a gente verificou que é preciso reajustar os números e faremos isso com muito equilíbrio, com muita ponderação, para que a cidade do Rio tenha um bom VLT e isso não pese mais nos ombros dos cariocas”, afirmou o prefeito.

A linha 3 ligará a Central do Brasil ao Santos Dumont via Av. Marechal Floriano e Av. Rio Branco, com intervalos de 7 minutos entre trens. Serão três novas paradas e trechos compartilhados com as linhas 1 e 2, permitindo a redução de intervalos para 3,5 minutos na região da Central e na Av. Rio Branco.

A operação da linha 3 representa a consolidação do VLT Carioca. Além dos terminais Central (que hoje atende à linha 2) e Santos Dumont (linha 1) e das três novas paradas, o trecho da linha 3 compartilhará também com a linha 1 as paradas Candelária, Sete de Setembro, Carioca, Cinelândia e Antônio Carlos. Serão, assim, 10 paradas/estações no percurso.

Texto e foto: Ascom – Prefeitura do Rio de Janeiro

Reportar Erro