Crivella leva ao Recreio mais de 730 ações do “Cuidar da Cidade”

Programa de zeladoria chega ao 21° bairro com soluções para demandas à Central 1746

Publicado em 30/08/2019 - 00:00

Rio de Janeiro (RJ) – O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) acompanhou, nesta sexta-feira (30), o início das ações do Cuidar da Cidade no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste. São pelo menos 730 ações em 89 ruas, com mais de 15 tipos diferentes de serviço, a partir de pedidos de moradores à Central 1746. Esta é a 24ª edição do programa de zeladoria, criado em janeiro e que completa oito meses com 20 mil realizações em 21 bairros.

Crivella leva ao Recreio mais de 730 ações do "Cuidar da Cidade"“O Recreio é um bairro extraordinário da cidade, um lugar muito aprazível. Vamos consertar 27 bueiros, trocar lâmpadas em quase todas as mais de 80 ruas em que atuaremos. São cinco praças e mais de 160 podas. E tem outros serviços da Prefeitura. A gente escuta os moradores, fica mais perto das pessoas e mostra o nosso trabalho. Encontramos muitas dívidas quando assumimos a Prefeitura, mas vencemos a crise e estamos fazendo o que tem que ser feito, cuidar da cidade”, afirmou Crivella, que plantou uma muda de ipê roxo na Praça Restier Gonçalves.

O polígono de atuação no bairro tem como ponto central a praça e se estende às seguintes vias: Avenida das Américas, Avenida Lúcio Costa, Estrada Benvindo de Novaes, Rua Joaquim José Couto e Avenida Guignard. Entre as demandas atendidas estão limpeza, troca de iluminação pública, drenagem, combate a vetores e remoção de carcaças de veículos, lixo doméstico e entulhos. Mas a principal solicitação dos moradores da região ao 1746 foi mesmo poda das árvores.

A psicóloga Gicélia Pereira Dias, moradora do Recreio há 20 anos, passeava com a poodle Belinha e gostou de saber que as demandas feitas ao 1746 ajudaram a levar os serviços à região. Ela costuma usar a central de atendimentos como canal para reivindicações.

“Eu não conhecia o Cuidar da Cidade, e aprovei a ideia. É muito bom a Prefeitura unir os órgãos públicos num mutirão para dar atenção aos bairros”, elogiou

Programa envolve dezenas de secretarias e órgãos públicos

Criado em janeiro pelo prefeito e desenvolvido pela Secretaria Municipal da Casa Civil, em conjunto com o Centro de Operações Rio (COR) e a Central 1746, o mutirão de zeladoria estabelece um calendário de ações que mobiliza órgãos municipais como Secretaria de Conservação (Seconserva), Saúde e Educação; Comlurb; Rioluz; Fundação Parques e Jardins; CET-Rio; Vigilância Sanitária; e Guarda Municipal, entre outros.

O programa Cuidar da Cidade já passou pelos seguintes locais:

ZONA NORTE:

– Tijuca/Praça Afonso Pena
– Tijuca/Praça Saens Peña
– Ilha do Governador/Ribeira
– Ilha do Governador/Pitangueiras
– Rocha Miranda
– Méier
– Vigário Geral
– Pavuna
– Penha

ZONA OESTE:

– Bangu
– Padre Miguel
– Santa Cruz
– Campo Grande
– Cidade de Deus
– Inhoaíba
– Campo Grande / Conjunto da Marinha
– Vila Valqueire
– Pechincha
– Paciência
– Anil
– Realengo
– Recreio dos Bandeirantes

CENTRO

ZONA SUL:

– Leblon

Texto e fotos: Ascom – Prefeitura do Rio de Janeiro

Reportar Erro