Crivella inaugura tomógrafo do hospital Ronaldo Gazolla

Crivella inaugura tomógrafo do hospital Ronaldo Gazolla

Esse é quinto equipamento do tipo a entrar em operação na rede municipal de Saúde em apenas quatro meses

Publicado em 24/07/2019 - 00:00

Rio de Janeiro (RJ) – O prefeito do Rio de Janeiro, Marcello Crivella (PRB), inaugurou nesta terça-feira (23), mais um aparelho de tomografia, desta vez no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, Zona Norte da cidade. O equipamento faz parte dos 10 comprados pela atual gestão com os R$ 50,2 milhões destinados ao Rio por meio de emenda parlamentar da época em que Crivella era senador.

Os dez tomógrafos custaram cerca de R$ 13,2 milhões. Esse é o quinto deles a entrar em funcionamento em apenas quatro meses. Os recursos da emenda foram integralmente usados na modernização do parque tecnológico dos hospitais da rede.

“Hoje é um dia muito importante para a Zona Norte da cidade. O hospital de Acari, o Ronaldo Gazolla, está recebendo um tomógrafo capaz de fazer mais de 100 exames por dia. Equipe treinada, máquina já testada. Mas esse não é o primeiro da nossa gestão. Em alguns hospitais temos dois, é o caso do Miguel Couto, do Lourenço Jorge e também do Pedro II. Todos eles têm dois equipamentos. Nós estamos muito felizes com essa inauguração, é um grande benefício para a população. Antes, uma pessoa que chegasse aqui com problema de emergência teria que ser removida para outro hospital, mais longe e, às vezes, em condições precárias. Agora vai poder ter todo atendimento aqui – afirmou o prefeito, que completou:  “Até o final do mês, nós estamos instalando mais um no Souza Aguiar, que vai ficar com dois também. Acho que a população do Rio fica bem atendida em termos de tomografia. É bom lembrar que cada equipamento desse, por dia, pode fazer até 150 exames. Nos (tomógrafos) que já instalamos, mais de 8,5 mil exames foram feitos. Somando tudo, são em torno de R$ 70 milhões de investimento.

O hospital oferece atendimento ambulatorial e leitos de retaguarda para a rede, com internações e cuidados em clínica médica, obstetrícia, CTI adulto e neonatal, cirurgia geral e saúde mental. Com 269 leitos, sendo 62 da obstetrícia e 20 da neonatal, são feitas em média 731 internações mensais, 1.450 atendimentos de emergência obstétrica e 2.415 consultas ambulatoriais. A unidade já atende a alta demanda de exames de imagem como radiologia, com 2.145 atendimentos, e ecocardiograma, com 226, em média, por mês.

Dos 10 tomógrafos comprados com a emenda e já entregues pelos fabricantes, estão em funcionamento os aparelhos dos hospitais municipais Pedro II, Salgado Filho, Lourenço Jorge e Miguel Couto.  Os demais aparelhos entregues aos hospitais Francisco da Silva Telles (Irajá), Piedade, Rocha Faria e Evandro Freire (Ilha) estão em obras para adaptações técnica e estrutural nas salas onde funcionarão. O do Souza Aguiar está em fase final de treinamento da equipe. Outros equipamentos já foram comprados para os hospitais da rede municipal. Entre eles, camas, computadores, berços hospitalares, carrinhos de anestesia, aparelhos de raios-X e berços hospitalares.

Diretor do Ronaldo Gazolla: “Vamos salvar mais vidas”.

O diretor geral da unidade, César Fontes Rodrigues, também destacou que o tomógrafo que passa a funcionar nesta terça-feira vai salvar muitas vidas. “Quando não tínhamos o aparelho, os pacientes que dependiam de exames desse tipo de equipamento tinham que ser deslocados para outros hospitais, como Albert Schweitzer, por exemplo, a distâncias consideráveis.  Esse sofrimento terminou hoje, reduzindo também a apreensão das equipes médicas”, ressaltou César.

Texto: Ascom – Prefeitura do Rio de Janeiro
Foto:
Nilo Ventura

Reportar Erro