Crivella anuncia repasse de R$ 500 milhões para Saúde

O prefeito explicou que os novos equipamentos adquiridos com o recurso já foram encomendados e devem começar a chegar a partir do dia 15 deste mês de janeiro

Publicado em 14/01/2019 - 00:00

Rio de Janeiro (RJ) – O prefeito Marcelo Crivella (PRB) anunciou, na manhã de sábado (12), o repasse de R$ 500 milhões em equipamentos para os hospitais e clínicas de saúde da cidade. O prefeito ressaltou que em 2018 foram comprados mais de R$ 70 milhões em equipamentos para as unidades – como tomógrafos, equipamentos de ressonância magnética, camas e carrinhos de anestesia – , e afirmou que, agora, com esse novo repasse, a cidade vai receber um legado na saúde melhor do que o deixado pelas Olimpíadas, cujos equipamentos não geram emprego, não atraem turistas e nem deixam impostos na cidade.

“Ano passado também compramos mil camas e vamos trocar as cinco mil camas dos hospitais. Vamos trocar todo o ar-condicionado, todos os elevadores, vamos cuidar da infraestrutura e dos equipamentos. O povo do Rio de Janeiro vai ter orgulho do seu sistema público de saúde. É um compromisso nosso”, afirmou o prefeito.

Marcelo Crivella destacou ainda que a prefeitura convocou novos médicos para reforçar o atendimento na rede e destacou que os mutirões de cirurgia que estão sendo realizados vão ajudar a esvaziar as filas nos hospitais públicos do município. “Hoje (12/01) vamos operar 50 pessoas na ortopedia, e acho que vai ser mais. Semana passada iríamos operar 25 e acabamos operando 41, então, estou com esperança que esse sábado e domingo vamos superar. Isso esvazia a fila. Quem foi comigo no Pedro II semana passada viu que havia mais de 70 pessoas na sala amarela, hoje não tem 30. E também melhoramos o ar-condicionado e colocamos ventiladores. É muito pouco, mas vamos fazer muito mais com esses recursos que estão chegando aí, tenho certeza de que vai ser o verdadeiro legado”, anunciou.

O prefeito explicou que os novos equipamentos adquiridos com o repasse de R$ 500 milhões já foram encomendados e devem começar a chegar a partir do dia 15 deste mês de janeiro.

Texto e foto: Ascom – Prefeitura do Rio de Janeiro

Reportar Erro