Crivella acompanha 21ª edição do Cuidar da Cidade no Anil

Crivella acompanha 21ª edição do Cuidar da Cidade no Anil

Programa de zeladoria já desenvolveu mais de 17 mil ações na cidade desde janeiro

Publicado em 25/07/2019 - 00:00

Rio de Janeiro (RJ) – O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), levou nesta quinta-feira (25), o Cuidar da Cidade ao Anil, na Zona Oeste. Desta vez, o programa, que chega à 21ª edição, vai atender a 353 demandas enviadas por moradores à Central 1746. Desde janeiro, já foram desenvolvidas mais de 17 mil ações de zeladoria em diversos bairros, em todas as regiões do município.

“Hoje nós temos 180 árvores para podar. Imagina o transtorno que é para a população, 180 árvores enormes, com a raiz quebrando calçadas, tapando a iluminação pública, mas hoje nós vamos começar a resolver. Tem 50 buracos também, tem 50 lâmpadas para a gente trocar. E tem um pedido especial aqui que é o projeto “De Volta Pra Praça”. Aqui tem uma Academia da Terceira Idade, que está em boas condições, em espaço público, mas está faltando professor, enfermeira e psicóloga. Então, eu me comprometi a colocar esse projeto funcionando de volta. Eu tenho a impressão que, atendendo a esses pedidos, estaremos respondendo ao clamor de mais de 400 pessoas para o 1746, todos dessa região”, afirmou o prefeito.

Dono de uma banca de jornal no bairro, Gerônimo de Souza Heleno, de 59 anos, elogiou a iniciativa da Prefeitura.

“O nosso bairro estava muito carente desse tipo de serviço, principalmente da poda de árvores. Eu tenho essa banca de jornal, então sempre ouço as reclamações dos outros moradores, e essa é uma das principais. Agora com essa ação as coisas começaram a vingar, a funcionar. Há dois dias estão trabalhando na região e melhorou bastante o bairro. É disso que nós estávamos precisando, desse apoio da prefeitura”.

 Mais sobre o Cuidar da Cidade

O Cuidar da Cidade estabelece um calendário de ações que mobiliza diversos órgãos municipais. Atuam servidores da Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva), Comlurb, Rioluz, Fundação Parques e Jardins, CET-Rio, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e secretarias de Saúde e Educação.

Este mês, Crivella anunciou investimentos de R$ 100 milhões para a frente emergencial do Cuidar da Cidade, que será ampliado. Nesse pacote, serão tapados 250 mil buracos e aumentada a capacidade de trabalho da Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva), que terá o triplo de funcionários nas ruas: de 456 para 1.284.

Texto: Ascom – Prefeitura do Rio de Janeiro

Reportar Erro