Claudinei Marques participa de evento do Exército em Florianópolis

Claudinei Marques participa de evento do Exército em Florianópolis

Vereador republicano prestigiou as comemorações dos 100 anos do 63º Batalhão de Infantaria do Exército em Florianópolis

Publicado em 24/10/2019 - 00:00

Florianópolis (SC) – O dia 22 outubro foi uma noite especial e inesquecível para convidados da comemoração dos 100 anos do 63º Batalhão de Infantaria do Exército em Florianópolis, também conhecido como “Batalhão Fernando Machado”. A comemoração foi realizada no Teatro Pedro Ivo, espaço cultural anexo às instalações da Administração do Governo do Estado de Santa Catarina.

A convite do Coronel Jaques Flório Simplicio, o vereador Claudinei Marques (Republicanos) prestigiou o evento que contou com a presença da Banda Sinfônica do Exército Brasileiro de São Paulo e demais autoridades.

“Estar aqui hoje e representar a população de Florianópolis, é reconhecer todo apoio a comunidade, e abertura para diálogo de como o batalhão pode estar sempre em apoio a nossa população”, disse o republicano.

A Banda Sinfônica do Exército é composta por 80 músicos militares, tem como objetivo fazer da música um bem comum, como parte das atividades culturais do Exército, estabelecendo um elo artístico cultural com a sociedade brasileira. Regida pelo Maestro, Tenente Gilson Souza, a Banda Sinfônica executou obras com repertório variado para um público de aproximadamente 400 pessoas, oferecendo o melhor da arte de cada músico e de seu instrumento.

“Receber a banda sinfônica do exército de São Paulo só abrilhantou a homenagem dos 100 anos do 63º Batalhão de Infantaria, com acordes dignos desse centenário de serviço e apoio a nossa cidade e comunidade tanto da ilha como da parte continental”, comentou o vereador Claudinei Marques.

O Coronel Jaques destacou sobre os cem anos da chegada do 63º. “Além da trajetória até aqui, as inúmeras atividades realizadas, enriquecem a relação de confiança entre a comunidade e as comemorações do centenário. Dentre elas estão as missões de paz em Angola, Timor-Leste e Haiti”, relatou Coronel Jaques.

Texto e foto: Ascom – vereador Claudinei Marques 
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro