Uso de máscaras será obrigatório nas eleições

Diversas medidas de segurança são implementadas para evitar a disseminação do coronavírus

Publicado em 12/09/2020 - 08:30

Brasília (DF) – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou diversas medidas de segurança que deverão ser seguidas nas eleições municipais de novembro para evitar a disseminação do coronavírus. O uso de máscaras é uma delas. Todos os eleitores deverão ter a proteção no rosto ao sair de casa e permanecer nas zonas eleitorais. Outra medida sugerida pela Corte é que todos levem sua própria caneta para assinar o caderno de votação com a identificação do eleitor.

Além disso, o TSE recomenda que os eleitores com 60 anos ou mais – que pertencem ao grupo de risco para a covid-19, votem entre as 7h e 10h. O horário não será obrigatório e pessoas de outras idades não serão barradas, porém o presidente do Tribunal, ministro Luiz Roberto Barroso, pede que todos tentem abrir mão do horário. Nós pedimos aos eleitores e à população que, à medida do possível, respeitem essa preferência”, ressaltou.

As republicanas estão colocando em prática diariamente as medidas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para frear o coronavírus. O uso das máscaras não é descartado em nenhum momento e, principalmente, a limpeza das mãos e objetos que chegam da rua. A vereadora de Boa Vista, Dra. Magnólia Rocha, é médica e ressalta quais ações de segurança devem ser praticadas:

“Não pode deixar de usar as máscaras. Precisamos manter as medidas protetivas. Lavar as mãos com água e sabão, na ausência desses, dá para usar o álcool em gel. É importante também manter o distanciamento social e evitar as famosas aglomerações. Mantenha as medidas protetivas, até porque cuidar das pessoas é a nossa missão. Esses são os cuidados que, eu como médica, alerto a vocês”, alertou Dra. Magnólia.

As atualizações das medidas de segurança são constantes para que o período eleitoral seja seguro. Um Plano de Segurança Sanitária para as Eleições Municipais 2020 foi elaborado por uma consultoria formada por especialistas no assunto. Assim, foi instaurada a campanha “Vote com Segurança”, que será exibida nas rádios e televisões de todo o país a partir de outubro. A votação ocorrerá no dia 15 de novembro, em primeiro turno, e no dia 29 do mesmo mês, em segundo turno, onde houver.

Texto: Gabbriela Veras | Ascom Mulheres Republicanas, com informações do TSE
Foto: reprodução TSE

Reportar Erro