Republicanos assina pacto Mais Mulheres na Política do MMFDH

Campanha tem como objetivo aumentar o número de mulheres eleitas já nas eleições deste ano

Publicado em 29/08/2020 - 08:22

Brasília (DF) – Na tarde da tarde da última quinta-feira (27), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) realizou, virtualmente, o lançamento da campanha “Mais Mulheres na Política”, em parceria com partidos políticos. Na busca por incentivar a participação da mulher na vida pública, o Republicanos participou da transmissão e apoiou a proposta, uma vez que é de seu interesse aumentar o número de mulheres eleitas pelo partido.

A campanha tem como objetivo garantir que seja eleita ao menos uma vereadora em cada um dos 5,7 mil municípios brasileiros nas Eleições 2020. “O projeto Mais Mulheres na Política é uma resposta ao cenário de pouca representação das mulheres na política. Por meio desta iniciativa, desejamos fomentar candidaturas femininas e oferecer ferramentas para que as candidatas possam ter mais êxito”, afirmou a secretária nacional de Políticas para as Mulheres, Cristiane Britto (Republicanos).

A secretária nacional do Mulheres Republicanas, a deputada federal Rosangela Gomes, destacou a importância do pacto. “Como sempre, nossa secretária Cristiane Britto e a ministra Damares estão realizando um belíssimo trabalho. A união dos partidos em prol de mais mulheres na política é essencial para as próximas eleições e para demonstrar nossa força no próximo pleito. O Republicanos não poderia ficar de fora dessa ação”, reiterou.

Durante a live, além da secretária Cristiane Britto, representantes do movimento feminino de vários partidos também estiveram presentes e discursaram a favor da ação. A iniciativa da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM) abrange ações que envolvem a disseminação de informações sobre o processo eleitoral. Também vai auxiliar as denúncias de casos de violência política. Serão disponibilizados vídeos, cartilhas, lives com especialistas e aulas virtuais. Além disso, 90 dias de maratonas on-line, com conteúdo prático para as candidatas.

Como presidente do Republicanos, o deputado federal Marcos Pereira (SP) ressalta rotineiramente a importância de se ter mais mulheres na política, com o objetivo de que possam reivindicar direitos e atuar em um cenário que tenha equiparação entre homens e mulheres. “Muito me orgulha o trabalho que as mulheres têm feito e vamos trabalhar de forma consistente para que todas sejam bem-sucedidas no pleito deste ano. Este será o objetivo concreto do partido. Temos uma meta audaciosa, difícil, mas não é inatingível. Nossa meta é eleger 10% das prefeituras do Brasil, algo em torno de 550. Para as câmaras municipais, a meta é triplicar a bancada eleita em 2016, cerca de 3,6 mil vereadores. As mulheres, são parte fundamental do nosso compromisso”, disse.

Em 2016, aproximadamente 1,3 mil municípios não elegeram uma única vereadora, a despeito das mulheres representarem 52,5% dos eleitores. No mesmo ano, menos de 8 mil mulheres foram eleitas para mandatos nas Câmaras Municipais. No Poder Executivo, somente 636 mulheres foram eleitas para governar, o que representa apenas 11,6% das prefeituras do país, em municípios com menor densidade populacional e menor renda per capita. Os dados são do Cadastro Eleitoral.

Fonte: Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos
Edição: Gisele Rocha / Ascom – Mulheres Republicanas
Foto: Freepik

Reportar Erro