Republicanas promovem campanha contra violência à mulher no PR

Cerca de 50 pessoas puderam debater e tirar dúvidas sobre o feminicídio, na Câmara Municipal de Piraquara

Publicado em 14/12/2018 - 00:00

Piraquara (PR) – Com o objetivo de explanar sobre os fatores de risco do feminicídio, o PRB Mulher Paraná, liderado pela coordenadora Marcilene Paes, promoveu no dia 30 de novembro, um bate-papo para promover a campanha: “Ei! Abaixa a sua mão. À não violência contra a mulher”.

Cerca de 50 pessoas puderam debater e tirar dúvidas sobre o feminicídio, na Câmara Municipal de Piraquara, na palestra ministrada pela Dra. Helena de Souza Rocha, vice-presidente da Comissão de Estudos contra a violência de gênero da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Paraná. Participaram do evento o vice-presidente do PRB Paraná, deputado federal eleito, Aroldo Martins; o deputado estadual eleito Alexandre Amaro (PRB-PR); e o vereador Guanair Denilson (PRB).

“A palestra realizada no evento foi de suma importância para as mulheres paranaenses, haja vista que teve como base fatos reais. Foi possível identificar claramente os fatores de riscos os quais diariamente várias mulheres passam e muitas vezes não tem conhecimento. O nosso trabalho na ala mulher do PRB é trazer conhecimento e informação para que juntas possamos unir forças e combater o índice de feminicídio do nosso Estado”, explicou Marcilene.

Os números da violência no Paraná

O índice de feminicídio no Estado do Paraná é bem alto: 7,2 a cada 100 mil habitantes. Do total de casos de agressão registrados pela Delegacia da Mulher do município de Cascavel até outubro deste ano, 306 são por lesão corporal, 14 por estupro, 144 por perturbação, 546 por ameaça, 493 por injúria e 160 denúncias por vias de fato, resultando em 1.663 boletins de ocorrência, 615 medidas protetivas expedidas, 741 inquéritos abertos e 79 prisões.

Texto: Ascom – PRB Mulher Nacional
Foto: Cedida

 

Reportar Erro