Republicanas participam de curso on-line sobre conservadorismo político

Para dar continuidade ao aprendizado, o curso terá seu segundo módulo nesta sexta-feira(03)

Publicado em 03/07/2020 - 08:26

Brasília (DF) – Na noite desta quinta-feira (02), dezenas de mulheres participaram do primeiro dia do curso on-line “Republicanos 10 – Um novo momento político para o Brasil”. O workshop que trata sobre conservadorismo, foi palestrado pelo jornalista e especialista em gerenciamento de projetos, Guto Ferreira da Solomon’s Brain, empresa que atua na área de inteligência crítica. Realizado pelo Mulheres Republicanas, o curso ainda terá o dia de hoje(03), para dar sequência ao aprendizado. 

Com mais de 230 inscrições, o curso tem como objetivo capacitar as republicanas do partido, principalmente as que vão disputar um cargo eletivo, no próximo pleito, que acontecerá em novembro deste ano. A iniciativa também tem o papel de situar as republicanas sobre o papel conservador liberal do partido, no ambiente político.

Republicanas participam de curso on-line sobre conservadorismo políticoNo primeiro dia, as mulheres aprenderam um pouco mais sobre a origem do conservadorismo na história da política. “O conceito do conservadorismo vai além da ideologia, porque as tradições não são uma ideologia política, isso é transmitido de tempos em tempos e isso faz parte da base da sociedade. Você se torna conservador não por ideologia, mas por usar uma série de fatores de construção humana”, disse Guto, que também explicou o posicionamento do Republicanos diante do tema, além de elucidar a nova logomarca da agremiação partidária e estratégias utilizadas para sua montagem.

O jornalista também explicou sobre origem da  esquerda e direita, no sentido político, desde seus primórdios, tudo isso de uma forma simples, lúdica e informal para compreensão de todas. Ele explanou também sobre o principal papel das mulheres conservadoras da história, citando diversos exemplos.

A todo momento, as republicanas demonstravam a positividade da realização do curso. A republicana Andiara Gama disse: “A história prática é uma vertente que prega exatamente isso, aprender com os fatos passados’’. Já a republicana, Carlinda Tinôco, salientou uma das partes que pra ela foi muito interessante durante o aprendizado. “Gostei muito quando se falou do futuro, pois nunca acreditei nele, basta dormir e acordar para se tornar presente. Temos que lutar sempre pelo presente”, ponderou.

Foi de forma muito ativa que as republicanas contribuíram com sua participação, muitas dúvidas foram elucidadas e as interações partiam de todos os lados. Quem também esteve presente, foi a secretária do movimento em São Paulo, deputada federal Maria Rosas (Republicanos-SP) que enalteceu o partido pela iniciativa. “A explanação está sendo muito proveitosa e sabemos que precisamos aprender cada vez mais.Tenho uma responsabilidade muito grande por representar muitas mulheres. Tenho orgulho de participar desse partido que mais cresce no Brasil”, afirmou. As líderes do movimento em outros estados, também marcaram presença, Marcilene Soares (PR), Rosa Bravo (GO), Francinete Maia (PI), Vera Pinheiro (SC), entre outras de todos os cantos do Brasil.

Devido ao grande sucesso do curso e da grande procura, no próximo dia 09 e 10 de julho, haverá uma turma extra. Pra quem não conseguiu garantir sua vaga nesta semana, é importante ficar conectada nas redes sociais do movimento feminino para conseguir realizar a inscrição. Vale ressaltar que a nova turma é somente para quem não conseguiu participar deste primeiro grupo nos dias 02 e 03. 

Texto e fotos: Gisele Rocha, com a colaboração de Carolina Ribeiro / Ascom – Mulheres Republicanas

Reportar Erro