Republicanas participam da entrega do Prêmio Pró- Equidade do Ministério da Mulher

65 empresas se destacaram nas práticas inclusivas para mulheres e de direitos humanos

Publicado em 17/07/2021 - 08:00

Brasília (DF) – As deputadas federais republicanas deputada Rosangela Gomes (RJ) e Aline Gurgel (AP), e a secretária nacional de Políticas para Mulheres (SNPM), Cristiane Britto (Republicanos), participaram, na última quarta (14), da entrega da 6º edição do Prêmio Pró-Equidade, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, por meio de iniciativa da SNPM. Em uma lista de 122 organizações participantes, 65 se destacaram nas práticas inclusivas para mulheres e de direitos humanos e foram contempladas com o selo da 6ª edição do Programa Pró-Equidade. Participaram também a ministra Damares Alves e o ministro da Cidadania João Roma (Republicanos).

Cristiane Britto parabenizou as empresas participantes pelo compromisso com a promoção da equidade entre homens e mulheres no mundo do trabalho. “Sabemos dos inúmeros desafios que muitas mulheres enfrentam para chegar em cargos de liderança, entre eles, a dificuldade em conciliar a vida pessoal e profissional, a desconfiança sobre a qualidade do trabalho e a falta de incentivo de algumas corporações. Para que elas consigam evoluir no mundo do trabalho, são necessários a conscientização e o incentivo de práticas mais inclusivas que promovam a igualdade de oportunidades”, disse.

A deputada Rosangela Gomes compôs a mesa da solenidade e parabenizou a iniciativa. A parlamentar apontou que as empresas que investem na equidade de seus funcionários, são instituições que merecem destaque. “Acredito e luto por equidade e igualdade nos espaços. Sou autora da lei aprovada nesta semana que pune com rigor a violência política contra mulheres no Brasil e acredito que dentro das instituições, as mulheres precisam ser tratadas com igualdade, em todos os âmbitos. Parabéns, a todas que hoje foram contempladas com o prêmio Pró-Equidade”, ressaltou.

A deputada federal Aline Gurgel ajudou a entregar as premiações.

O programa

Promovido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça tem o objetivo de disseminar novas concepções na gestão de pessoas e na cultura organizacional para alcançar a igualdade entre mulheres e homens no mundo do trabalho. A iniciativa é voltada a empresas de médio e grande porte, públicas e privadas, com personalidade jurídica própria. A adesão é voluntária.

Ao participar do programa, a empresa elabora a ficha perfil da organização e um Plano de Ação explicitando como vai desenvolver as ações de equidade de gênero e raça, de forma transversal e interseccional, dentro da organização.

A empresa que executa as ações de maneira satisfatória, no período do programa, conta com uma marca de gestão eficiente – o Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça – que contribui para o alcance de bons resultados econômicos, financeiros e socioambientais, e a divulgação nacional e internacional (por meio eletrônico) sobre o compromisso assumido com a igualdade.

Fonte: MDH
Edição: Ascom – Mulheres Republicanas
Foto: MDH

Reportar Erro
Send this to a friend