Republicanas de Matinhos reiteram cuidados com a saúde feminina

Na ocasião, as republicanas pediram a instalação da Casa da Mulher Brasileira

Publicado em 12/10/2020 - 08:00

Matinhos (PR) – Em um lugar bem amplo e respeitando as medidas de segurança contra o novo coronavírus (Covid-19), o Mulheres Republicanas Matinhos se reuniu para tratar sobre o Outubro Rosa e a importância de cuidar da saúde, realizar o autoexame e fazer os check ups anualmente. O encontro foi no último dia 4 de outubro e serviu para que as republicanas pedissem a instalação de uma Casa da Mulher Brasileira no Litoral do Paraná para que muitas mulheres vítimas possam recorrer e pedir ajuda.

A secretária do Mulheres Republicanas do Litoral, Margarete Felix, contou que o evento serviu para conscientizar muitos sobre a real necessidade de se cuidar e esclarecer também que o câncer de mama tem cura. “A doença é a principal causa de morte das mulheres no Brasil e no mundo. O exame deve ser um hábito na nossa vida então temos que sempre apalpar as mamas e ter uma alimentação saudável. A mamografia é desconfortável, mas é essencial para diagnosticar o câncer, então é preciso deixar esse medo de lado”, esclareceu.

O deputado federal Aroldo Martins (Republicano-PR) e sua esposa Meri Jane também estiveram presentes e, na ocasião, o parlamentar contou um pouco da sua trajetória na vida pública, suas dificuldade e superações que serviram como inspiração e motivação.

Meri Jane falou sobre a participação da mulher na política e deu o exemplo da primeira mulher eleita deputada federal no Brasil, em 1892. “Avançamos pouco, sendo que estamos em 2020 e somos maioria do eleitorado, mas não temos uma quantidade expressiva de mulheres ocupando cargos políticos”, elencou.

A violência contra a mulheres também foi pauta abordada. Os participantes receberam uma cartilha com histórias reais de mulheres que sofreram abuso, a fim de perceberem como a mulher está vulnerável na sociedade. Na ocasião, a secretária Margarete entregou ao deputado Aroldo Martins a petição assinada por apoiadores para a criação da Casa da Mulher Brasileira do Litoral para atender as mulheres vítimas de diversos tipos de violência da região litorânea do Paraná.

Texto: Gabbriela Veras / Ascom – Mulheres Republicanas Nacional
Foto: Divulgação

Reportar Erro