Republicanas comemoram nova ferramenta dos Direitos Humanos contra a violência

Republicanas comemoram nova ferramenta dos Direitos Humanos contra a violência

Telegram é o mais novo canal que atuará para o atendimento de vítimas e registro de denúncias

Publicado em 03/07/2020 - 11:03

Brasília (DF) – Na última segunda-feira (29), o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, anunciou mais uma ferramenta em combate a violação de direitos. A pasta, junto a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), disponibilizou a ferramenta digital do Telegram para que denúncias sejam feitas.

Já estava nos planos da ONDH, a inserção da ferramenta para funcionar como canal de denúncia. Entretanto, com a pandemia da covid-19, fez-se necessário antecipar a novidade por conta dos altos números de violência que vem sendo registrado. Para a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Cristiane Britto (Republicanos), a opção da nova ferramenta soma em mais uma arma em combate a violência. “Estamos em um período em que as ferramentas digitais fazem toda a diferença, pois as mulheres estão 24h ao lado do seu agressor. A possibilidade de realizar a denúncia através do aplicativo é uma facilidade que acreditamos que possa auxiliar e evitar a subnotificação”, afirmou.

No canal de busca do aplicativo, basta colocar “Direitoshumanosbrasilbot”, para que o usuário seja encontrado, após isso, digitar a mensagem para que prontamente, o atendente dê o devido prosseguimento à denúncia. A mensagem recebida será devidamente analisada e encaminhada aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos, para que providências sejam tomadas.

A líder do movimento feminino do partido, deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ), diz que é importante o avanço e parabenizou a pasta que está totalmente inserida no crescimento tecnológico. “Telefone, internet, aplicativos, é muito bom apreciar esse avanço. É importante ver que temos armas suficientes para lutar contra qualquer ato de violência, principalmente a violência doméstica que não para de crescer. Não podemos parar no tempo e todas as coisas quem vem para somar, são muito bem-vindas, ressaltou.

Com o novo canal, a partir de agora são cinco ferramentas administradas pela ouvidoria (ONDH), para o registro de denúncias, sendo eles: o Disque 180; disque 100; o aplicativo dos Direitos Humanos Brasil e o site da Ouvidoria/ONDH. Todas as plataformas citadas, funcionam de forma gratuita 24h por dia e as denúncias também podem ser feitas de forma anônima, sendo resguardado o absoluto sigilo das informações. Vale ressaltar que no ato do atendimento, o denunciante receberá protocolo de atendimento para posteriormente obter informações sobre o andamento da queixa.

O que é o Telegram

Entre as diversas coisas positivas que cercam o Telegram, pode-se dizer de forma geral que ele é um aplicativo de troca de mensagens, muito semelhante ao popularmente utilizado Whatsapp. Entretanto, se diferencia na possibilidade de se iniciar conversas secretas, com qualquer usuário. Após início do chat, todo o conteúdo é apagado automaticamente, depois de um tempo determinado, possibilitando assim a discrição das informações.

O acesso ao Telegram pode ser feito, pelo celular, tablet ou computador e para sua conexão, basta um pacote de dados ou serviço de wi-fi.

Texto: Carolina Ribeiro / Ascom – Mulheres Republicanas
Foto destaque: Douglas Gomes

Reportar Erro