Renata Banhara é pré-candidata à vereadora em São Paulo

O movimento do Mulheres Republicanas de São Paulo fez o anúncio da candidatura na última semana

Publicado em 20/09/2020 - 08:13

São Paulo (SP) – O Mulheres Republicanas da capital São Paulo realizou uma reunião, no último dia 12 de setembro, na sede do partido para anunciar a pré-candidatura de Renata Banhara. Ela foi escolhida por 41 secretárias zonais que compõem o movimento na cidade paulista. A republicana defende a causa feminina e é a criadora do Sentinela do Bem, que acolhe vítimas de violência doméstica que chegam às Delegacias da Mulher.

Renata explica que o intuito da pré-candidatura é continuar firmando o compromisso de defender mulher que ainda sofre por causa da violência doméstica. “Encontrei muitas mulheres, trocamos ideias, estávamos engajadas para o universo da mulher. Me senti na necessidade de agir. Eu sei que não dá mais para ficar como está. A cidade que queremos depende de nós. Venho como pré-candidata a vereadora por SP. Na luta por todas”, disse.

O foco na defesa da causa da mulher é por conta de tudo o que já aconteceu na vida da republicana. No início de 2018, ela denunciou o marido, com quem estava há seis anos, por agressão física e pressão psicológica e disse que ele chegou a encorajá-la a cometer suicídio. Segundo relato da modelo, Banhara foi jogada da escada da casa que dividia com o agressor e, após uma série de golpes, foi trancada com ele dentro do quarto. Ele então teria aberto a porta da varanda e pedido para que ela se jogasse de lá.

Como resposta a esses momentos de sofrimento, ela criou o SOS Mulher e o Sentinela do Bem. Os dois priorizam o bem-estar, cuidado, apoio e auxílio às mulheres que já passaram por qualquer tipo de violência. “Na rede social do ‘S.O.S Mulher’ levo informações, endereços, telefones úteis emergenciais, e informações gerais sobre como lidar e denunciar a violência contra a mulher. Penso sempre em levar auxílio e informação, como Leis e medidas de proteção. Um local onde procuro unir mulheres para que troquem conhecimento e experiências”, relatou.

O movimento do Mulheres Republicanas capital São Paulo é liderado pela secretária municipal Zuleika Ferreira. Ela e sua executiva deram boas-vindas à pré-candidata e desejaram sucesso a todas as republicanas que vão participar das eleições municipais. “Temos mulheres maravilhosas, valentes, cada uma com suas dores e defesas, e todas com o propósito de trabalhar para validar a importância da visão da mulher no âmbito político em busca de uma sociedade mais igualitária e respeitosa! Contem conosco”, concluiu.

Texto: Gabbriela Veras / Ascom – Mulheres Republicanas
Foto: divulgação

Reportar Erro