Mulheres Republicanas participam do lançamento do Programa Pacto Goiano

A secretária do Mulheres Republicanas Goiás, Rosa Bravo,destacou a importância da Pacto Goiano no enfrentamento à violência contra a mulher em Goiás

Publicado em 26/11/2019 - 00:00

Goiânia(GO) –  A secretária do Mulheres Republicanas do Goiás, Rosa Bravo, participou do lançamento do Programa do Governo do Estado, Pacto Goiano – Pelo Fim da Violência Contra a Mulher. O evento foi realizado, na quinta-feira (21), no Palácio da Música do Centro Cultural Oscar Niemeyer.

Para Rosa Bravo, “o programa é muito importante para implementarmos ainda mais políticas públicas pela causa. Ele nos dá novas ferramentas para combater o mal da violência à mulher, a fim de que possamos orientar e ajudar a esclarecer pontos importantes do enfrentamento à violência doméstica”, afirmou.

O programa faz parte da secretaria de Desenvolvimento Social e na oportunidade do lançamento foram mencionadas diversas medidas, a fim de reforçar o sucesso do projeto. Estão entre eles, o “Lei Maria da Penha na Escola”, que visa estimular o debate sobre o assunto na rede escolar; a parceria com o Tribunal de Justiça de Goiás e o Ministério Público para o trabalho de recuperação e reeducação do agressor,  por meio da realização de grupos reflexivos. Outro que chamou a atenção foi o aplicativo “Goiás Seguro”, que estará disponível para as versões IOS e Android e a partir dele, qualquer cidadão, sendo a vítima ou não, poderá acionar a Polícia Militar pelo celular.

Rosa Bravo, ressaltou que por já ter sido vítima de violência doméstica, ela conhece de perto a realidade das vítimas, por isso, ver as lideranças políticas se unindo para trabalhar contra a violência e o feminicídio é gratificante e enriquecedor. “Durante um período da minha vida estive no lugar das vítimas e sei como é a sensação do medo e impotência. Hoje, temos leis que nos servem de apoio para enfrentarmos esses números alarmantes da violência à mulher, disse a republicana. “Vou levar as novidades mencionadas aqui às nossas republicanas e assim, vamos fazer chegar ao ouvido e ao conhecimento de cada mulher para que elas saibam de todos os dispositivos que servirão para sua defesa”, finalizou a republicana.

Texto e fotos: Ascom – Mulheres Republicanas
Edição: Agência Republicana de Comunicação (Arco)

 

Reportar Erro