Ministra Cristiane Britto participa de evento de proteção à vida

Iniciativa contou com o lançamento dos cursos ‘Casar é Legal” e ‘Familias Raras e Mães Atípicas’

Publicado em 14/06/2022 - 14:03

Brasília (DF) – Na terça (7), o governo federal, por meio da Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto, reforçou ações para a proteção da vida desde a concepção, além da promoção dos direitos da família e das mulheres, durante a cerimônia “Brasil pela vida e pela família”. Na oportunidade, houve a apresentação dos cursos ‘Casar é Legal’ e ‘Famílias Raras e Mães Atípicas’ e o lançamento da exposição ‘Um Olhar Raro’, uma parceria entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e o Programa Pátria Voluntária.

Cristiane Britto fez um balanço das ações da pasta. “A família é um bem imaterial e deve ser protegida pelo Estado, isso está previsto na Declaração Universal de Direitos Humanos e em nossa Constituição. Hoje, inclusive, temos o reconhecimento de nossa liderança internacional nesta pauta. Eu e todos os membros deste Ministério temos muito orgulho de fazer parte dessa história, desse período de grandes transformações que ocorrem em nosso país. Esse foi apenas o começo, temos muito ainda por fazer”, reforçou a ministra, ao lado da ex-ministra e também republicana Damares Alves e do Presidente da República Jair Bolsonaro.

Famílias Raras e Mães Atípicas

Desenvolvido pela Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNDPD/MMFDH), o curso ‘Familias Raras e Mães Atípicas’ aborda as necessidades e os desafios vivenciados das pessoas acometidas com doenças raras e seus familiares. O objetivo é contemplar uma pauta importante que são as mulheres, mães, que vivenciam as internações, os tratamentos de seus filhos, assumindo uma carga de cuidado complexa, mas que supera a adversidade como um exercício de força individual.

Para dar visibilidade aos desafios das famílias de pessoas com doenças raras, o Governo Federal lança ainda a exposição ‘Um Olhar Raro’, no térreo do Palácio do Planalto. Os visitantes poderão conferir, até o dia 8 de julho, uma série de fotos de mães atípicas em formato de quebra-cabeça, exibidas em 11 totens artísticos.

Fonte: Ascom – MMFDH
Edição: Ascom Mulheres Republicanas Nacional
Foto: cedida

Reportar Erro
Send this to a friend