Maria Rosas recebe estudantes de medicina para debater sobre autismo

A parlamentar tirou dúvida dos estudantes sobre a aplicação de políticas públicas para essa população

Publicado em 19/01/2021 - 11:55

Brasília (DF) – Estudantes do curso de medicina do Centro Universitário de Tiradentes (AL) participaram, na terça-feira (12), de reunião virtual com a deputada federal Maria Rosas (Republicanos – SP) e especialistas da Associação Brasileira de Assistência e Desenvolvimento Social (ABADS) para debater sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) no Brasil.

O encontro aconteceu por iniciativa dos próprios estudantes, que revelaram ser a parlamentar uma referência nas consultas de internet, em razão da bandeira que defende e sua atuação legislativa. “Estávamos pesquisando sobre o tema autismo e, através da plataforma Pubmed, mundialmente reconhecida pela publicação de estudos científicos, foram encontrados 729 artigos. Entretanto, quando as buscas são ampliadas para “autismo e políticas públicas” o resultado sofre uma redução considerável, para 19 artigos, todos produzidos internacionalmente e infelizmente nenhum de publicação nacional. Porém, em pesquisas gerais, identificamos a deputada Maria Rosas como referência em autismo e políticas públicas”, explicou a estudante Maria Clara Cândido.

Durante o encontro, a deputada apresentou aos graduandos o cenário no qual vivem, hoje, as pessoas com deficiência e o que está sendo realizado em termos de políticas públicas, respondendo ainda às principais dúvidas dos estudantes, que estão escrevendo um artigo para publicação no Caderno de Graduação-Ciências biológicas e da Saúde-UNIT-ALAGOAS.

“Como professora e defensora da causa da pessoa com deficiência, além das experiências que tive ao longo de 30 anos realizando trabalhos voluntários, inclusive na ABADS, sei o quanto o conhecimento é importante no diagnóstico e na garantia de direitos. Por isso, ter um grupo de estudantes de medicina que se importa com essa questão é maravilhoso, pois eles serão nossos futuros profissionais. Isso faz reacender a esperança e me motiva a lutar ainda mais pela causa do autismo no Brasil”, disse Maria Rosas.

Entre as questões levantadas, foi colocada em destaque a importância do Censo para a pessoa autista, campanhas de esclarecimento para a população e órgãos que fazem fiscalização com regularidade e comprometimento, canais denúncia, como é realizado o trabalho pela ABADS e medidas clínicas para o diagnóstico precoce do autismo, apontado por uma das convidadas, a médica dra. Juliana Vianna.

Estiveram presentes na reunião a mestre em psicologia Valéria Mendes, a mestre em saúde pública Carolina Dombi, a fonoaudióloga especialista em distúrbios do desenvolvimento, Joyce Canas e a médica especialista em terapia comportamental, dra. Juliana Vianna.

Saiba Mais

ABADS – é considerada como um centro de referência na oferta de programas especializados nas áreas da saúde, educação e serviço social para crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual e TEA.

Texto e foto: Ascom – deputada federal Maria Rosas

Reportar Erro
Send this to a friend