Eudiane Macedo apresenta projeto que proíbe a cobrança da taxa de religação durante pandemia no RN

Cobrança ficará suspensa enquanto durar o estado de calamidade pública em decorrência da pandemia da Covid-19

Publicado em 21/05/2020 - 19:00

Natal (RN) – A deputada estadual Eudiane Macedo (Republicanos-RN) apresentou um projeto de lei que veda a cobrança de taxa, tarifa ou outra modalidade de contraprestação pela religação ou restabelecimento dos serviços públicos de energia elétrica e abastecimento de água. De acordo com o texto, a cobrança fica suspensa enquanto durar o estado de calamidade pública em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“O efeito dominó do aumento do desemprego e da inflação já estava provocando o atraso no pagamento de contas básicas, como água, luz e telefone. O preocupante é que, além do corte do serviço, multa, juros e negativação do nome do titular da conta, o atraso também incorre em custos extras, já que as empresas concessionárias cobram pelo valor da visita dos técnicos que vão ao local religar o fornecimento cortado”, apontou a republicana.

Eudiane Macedo lembra que outros projetos estão tramitando na Câmara dos Deputados e no Senado Federal para proibir o corte de fornecimento dos serviços públicos de energia elétrica e de água, durante o estado de calamidade pública. “Essas medidas merecem ser aprovadas para garantir a proteção dos serviços essenciais, principalmente, da população mais vulnerável”, defendeu a republicana.

Texto: Ascom – deputada estadual Eudiane Macedo
Edição: Elisa Costa / Ascom – Mulheres Republicanas
Foto: Eduardo Maia

Reportar Erro