Deputada Eudiane Macedo garante retomada do programa Pró-Moradia no RN

Mais de seis mil famílias potiguares serão contempladas com as moradias do programa

Publicado em 19/07/2020 - 08:45

Natal (RN) – O Governo do Rio Grande do Norte, por meio das secretarias de Infraestrutura e de Habitação, lançou dois editais para construção de casas populares. A deputada estadual Eudiane Macedo (Republicanos-RN), assim como o presidente estadual do Republicanos Rio Grande do Norte, deputado federal Benes Leocádio, tiveram ação fundamental à recuperação dos recursos do programa Pró-Moradia Viver Melhor, junto à Secretaria Nacional de Habitação.

A deputada conta como foi o trabalho para que o projeto fosse retomado. “Essa foi uma luta da qual fiz parte diretamente e começou no início de 2019. Uma das primeiras ações do nosso mandato como deputada estadual foi participar da luta pela liberação de R$ 50 milhões do projeto Pró-Moradia. Isso foi para a construção de 1.000 casas populares em quase 50 cidades do Rio Grande do Norte”, explicou Eudiane Macedo.

A republicana lembra que participou de duas importantes reuniões. Uma, no dia 25 de fevereiro de 2019, com o superintendente da Caixa, Carlos Antônio de Araújo, em Natal, e outra, em Brasília, no dia 13 de março de 2019, com o secretário Nacional de Habitação, Celso Matsuda e Vladimir Lima.

A deputada afirmou que os recursos estavam praticamente perdidos por falta de contrapartida do Governo, na gestão passada. “Fomos então buscar informações sobre o que poderia ser feito para resgatar esse projeto tão importante e necessário”, acrescentou.

A garantia dos recursos foi confirmada no dia 30 de maio e Eudiane comemora: “Quando o trabalho é feito com comprometimento e dedicação e os esforços se unem em torno de um só propósito, não tem como dar errado”, disse.

Nessa primeira etapa os municípios beneficiados são: Carnaubais, Cruzeta, Currais Novos, Fernando Pedrosa, Pedro Avelino, São Rafael, São Vicente e Tenente Laurentino Cruz, na Região Central e, Região Oriental Sul, Arês, Baía Formosa, Espírito Santo, Goianinha, Macaíba, Monte Alegre, Nísia Floresta, Nova Cruz, Santo Antônio e São Gonçalo do Amarante.

Texto: Ascom – Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte
Foto destaque: Reprodução
Edição: Ascom – Mulheres Republicanas Nacional

Reportar Erro