Bárbara Penna assume como vereadora na Câmara Municipal de Porto Alegre

Primeira suplente do Republicanos, Bárbara tomou posse no lugar do vereador Alvoni Medida, que está em licença saúde

Publicado em 18/05/2021 - 10:38

Porto Alegre (RS) – Bárbara Penna, vereadora suplente (Republicanos) tomou posse na tarde desta segunda-feira (17/5), em sessão híbrida da Câmara Municipal de Porto Alegre. Bárbara entrou no lugar do vereador Alvoni Medina (Republicanos), que está em licença saúde do dia 17 a 23 de maio. Bárbara concorreu na eleição para vereadora pela sigla em 2020 e fez 3.814 votos.

Em sua fala de posse, a republicana ressaltou defender aquilo que acredita, e mesmo no momento de pandemia onde todos estão se adaptando ao que está acontecendo, não vê impedimentos para continuar defendendo sua bandeira, que é a violência contra as mulheres. “Agradeço a todos os meus eleitores que acreditaram em minhas propostas, tendo como bandeira a causa das mulheres contra o feminicidio que também é considerada como uma pandemia”. E por fim a vereadora ressaltou que apesar de toda a sua trajetória, disse querer continuar trabalhando para ser um exemplo de resistência para todas as mulheres.

Bárbara criou o Instituto Barbara Penna que já fornece um suporte virtual e pessoal para mulheres vítimas ou não, no que se refere ao atendimento psicológico, jurídico e assistencial, com cursos profissionalizantes, palestras e encaminhamento.

História

Em novembro de 2013, Barbara Penna de Moraes Souza, na época com 19 anos e mãe de duas crianças: Isadora, de 2 anos e 7 meses; e Henrique, de 3 meses, decidiu acabar o relacionamento com seu ex-companheiro. Por não aceitar o término, ele espancou Bárbara até que ela desmaiasse.

No instante do desmaio, enquanto as crianças dormiam, ele acendeu um fósforo e jogou sobre ela depois de lhe ter encharcado com álcool, incendiando também todo o apartamento. Com o corpo em chamas e clamando por socorro na janela do prédio onde estava, Bárbara foi empurrada do terceiro andar e levada para o hospital em estado gravíssimo. As duas crianças morreram queimadas.

Texto: Graziele Corrêa/Ascom – vereadora Bárbara Penna
Foto: Cedida

Reportar Erro
Send this to a friend