Ações do Agosto Lilás e campanhas pelo fim da violência contra a mulher movimentam mês

Filiações, campanhas, novas secretárias e projetos trouxeram boas recordações do mês de agosto

Publicado em 19/01/2022 - 08:00

Brasília (DF) – O mês de agosto foi de muito trabalho e dedicação de mulheres republicanas em todo o país. A iniciativa de trabalhar em prol dos direitos das mulheres e fazê-las mais participativas nos espaços de decisão foram destaques do mês, além do combate à violência contra o público feminino.

Em Paraípaba, na Paraíba, a prefeita republicana Ariana Aquino realizou a 1º Conferência Municipal de Políticas Públicas para Mulheres. O objetivo foi debater sobre a autonomia feminina. Já no Ceará, o Mulheres Republicanas deu posse às novas executivas de Juazeiro do Norte e Pacatuba. A secretária estadual do movimento, Cássia Vasconcelos, se reuniu com possíveis pré-candidatas para a campanha de outubro de 2022.

Assim como no Ceará, a cidade de Porto Alegre, no Sul do Brasil, recebeu a republicana Bárbara Penna como nova secretária do Mulheres Republicanas da cidade. O anúncio foi feito em encontro promovido pelo Republicanos do Rio Grande do Sul e com a presença da secretária do Mulheres Republicanas Rio Grande do Sul, Beth Colombo.

Na capital do Brasil, em alusão ao Agosto Lilás, as republicanas do Distrito Federal, em um encontro virtual, estabeleceram metas e programação de atividades para o mês. O movimento no DF também lançou a sala de bate-papo “Ponto de Partida”.

Para reforçar o Agosto Lilás, a vereadora republicana Karina Caroline, de São José do Rio Preto, São Paulo, destacou a lei ‘Alô Vizinho’, de sua autoria, para combater violência doméstica. A legislação fortalece a campanha, que conscientiza a população sobre todos os tipos de violência contra a mulher.

Em agosto, também foi celebrado os 15 anos da Lei Maria da Penha. Para comentar a data, que é modelo no mundo no enfrentamento à violência doméstica, o Mulheres Republicamas promoveu debate com a delegada Ione Barbosa (Republicanos), presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e presidente da AdCuidar, instituição que atende mulheres vítimas de violência. Ela sanou dúvidas sobre a legislação e as questões que precisam ser melhoradas.

Ainda em alusão às comemorações do aniversário da Lei Maria da Penha, a republicana Rosangela Gomes, deputada federal pelo Republicanos Rio de Janeiro, e a secretária nacional de politica para as mulheres, Cristiane Britto, participaram do lançamento da campanha “Operação Maria da Penha”, que promoveu ações em todo o Brasil para combater a violência contra as mulheres.

A secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas, em São Paulo, Vandecleya Moro, participou do lançamento da Rede Municipal de Proteção à Mulher, que tem como objetivo orientar e propor a elaboração de protocolos e a organização de fluxo de atendimento à mulher em situação de violência doméstica.

É ouro! É prata ! É bronze! Agosto foi mês de muitas medalhas! Para orgulho do Brasil e de milhões de brasileiras, as mulheres deram um show nas olimpíadas de Tóquio e bateram recorde de medalhas. Em 2021, 48,8% dos participantes nas olimpíadas foram de mulheres. As atletas brasileiras tiveram o melhor desempenho em todas as olimpíadas que participaram. Elas subiram o pódio nove vezes, e o número equivale a 41% do total das 21 medalhas conquistadas pelo Brasil.

O mês também foi marcado pela campanha “Agosto Dourado”, que reforça a importância do aleitamento materno. Na oportunidade, a deputada estadual, Edna Macedo, de São Paulo, escreveu artigo sobre o tema.

No Amapá teve articulação da deputada republicana Aline Gurgel que garantiu cestas básicas para comunidades indígenas. A republicana também deu exemplo quando participou de uma ‘Blitz do Sinal Vermelho’, em alusão ao Agosto Lilás, onde representou a Câmara dos Deputados. O objetivo foi conscientizar a população sobre a importância do enfrentamento da violência contra às mulheres.

Já no Rio de Janeiro, a juíza Gloria Heloiza, subsecretária estadual de Políticas Públicas para Mulheres, filiou-se ao Republicanos. Em Valparaíso de Goiás, o movimento também admitiu mais de 20 lideranças comunitárias e políticas.

Mulheres empoderadas

Nilse Pinheiro, deputada estadual pelo Republicanos Pará, recebeu o prêmio “Mulheres Empoderadas 2021”, promovido pelo Ministério Público do Estado, por meio do Núcleo de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra Mulher (Núcleo Mulher), destinado a conferir destaque às mulheres paraenses que realizam trabalhos de proteção à mulher em situação de violência doméstica.

Texto: Ascom – Mulheres Republicanas
Fotos: Cedidas

Reportar Erro
Send this to a friend