A quatro dias das eleições, republicanas concorrem em todos as regiões do Brasil

Republicanos recebeu 9.240 registros de candidaturas femininas

Publicado em 11/11/2020 - 12:40

Brasília (DF) – Faltando quatro dias para as eleições, o Mulheres Republicanas recebeu 9.240 registros de candidatas entre prefeitas, vice-prefeitas e vereadoras, um aumento de 60% em comparação ao período eleitoral anterior, 2016, que foram 5.773 candidatas. De 2016 para cá o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu mais ênfase para a questão da participação feminina na política.

Em todo Brasil e no mundo, campanhas de motivação da presença da mulher nos cenários de poder foram imprescindíveis para que esse número de candidaturas fosse tão expressivo no Republicanos. O movimento, durante os últimos anos, facilitou e abriu as portas para fomentar a presença de mais mulheres na política com a realização de ações, como: Fóruns, seminários presenciais, cursos de capacitação e formação presenciais e on-line, encontros com as secretárias estaduais, entre outras atividades nos estados e em Brasília. Esse estreitamento com as filiadas e militantes do grupo aproximou essas mulheres com a nacional do partido, onde o presidente Marcos Pereira, reiterou a necessidade desse incentivo e apoio. A secretária nacional, deputada federal Rosangela Gomes disse que foi essencial esse estímulo para trazer mais mulheres para o Republicanos durante a campanha de filiação.

“Trazer essas mulheres para dentro do partido foi essencial para termos esse crescente nos registros das candidaturas para as Eleições 2020. Temos candidatas muito jovens, com 18 anos, como outras com 82 anos, candidatas com deficiência, negras e outras especificidades, mas todas querendo, de alguma forma, fazer parte da democracia e se candidatando para mudar a sociedade e a realidade do seu município. É motivo de orgulho para mim e para o partido ver tantas mulheres dedicadas e aguerridas no Mulheres Republicanas”, disse Rosangela Gomes, que também é candidata a prefeita de Nova Iguaçu (RJ).

Candidatura feminina nos estados

No último levantamento do TSE, em setembro, dados mostram que 33,1% dos pedidos para candidaturas em 2020 foram feitos por mulheres. São 179.608 inscrições femininas. Os homens correspondem a 66,9% dos cadastros. No Republicanos, a região do Brasil com o maior número de candidatas é o Sudeste, com 3.777, seguida da região Nordeste, com 2.547, depois vêm as regiões Sul, Norte e Centro-Oeste, com 1.271, 1.047 e 598 republicanas candidatas, respectivamente.

No Sudeste, São Paulo lidera o ranking de mulheres que estão fazendo a diferença na política. São 1.848 candidatas. Em segundo lugar, o Estado com o maior número de candidatas é Minas Gerais, com 1.194 mulheres pleiteando alguma vaga da majoritária. Depois de Minas Gerais, vem Bahia com 728 candidatas, acompanhada do Rio Grande do Sul (554) e do Maranhão (489), que se destaca pelo número de candidatas à Prefeitura dos mais diversos municípios do estado: são 18 candidatas.

Depois vêm Rio de Janeiro e Paraná com 471 candidatas, seguidos do Pará (431), Pernambuco (348), Goiás (306), Espírito Santo (264), Amazonas (254), Santa Catarina (246), Paraíba (215), Rio Grande do Norte (195), Mato Grosso (188), Piauí (181), Ceará (138), Alagoas (131), Rondônia (129), Sergipe (122), Mato Grosso do Sul (104), Tocantins (87), Amapá (62), Roraima (54) e Acre (30).

Por Ascom Mulheres Republicanas

 

 

Reportar Erro