Outubro Rosa: câncer de mama pode acometer mais de 60 mil mulheres em 2020

Se cuide! Faça o autoexame

Publicado em 28/10/2020 - 08:22

Olá, amigas republicanas!

Neste mês de correria, devido à campanha eleitoral, outra campanha muito importante não pode passar despercebida. O Outubro Rosa tem o objetivo de conscientizar as mulheres sobre a prevenção ao câncer de mama; proporcionar acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir, consequentemente, com a redução da taxa de mortalidade.

O câncer de mama é o segundo câncer que mais mata mulheres no mundo e no Brasil, ficando atrás somente do câncer de pele, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino.

Com o número crescente da doença, o Instituto Brasileiro de Mastologia lançou o movimento de conscientização “Quanto antes melhor”. A ideia é chamar a atenção das mulheres para a adoção de um estilo de vida saudável no dia a dia, com a prática de atividades físicas e boa alimentação para evitar doenças, como o câncer de mama.

Dados reforçam que com a pandemia da Covid-19, muitos tratamentos foram prejudicados, podendo, assim, ter aumentado o número do agravamento da doença e de óbitos causados por ela. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são estimados 66.280 novos casos de câncer de mama para cada ano do triênio, ou seja o câncer de mama pode atingir até 66 mil mulheres em 2020.

O autoexame ainda é a melhor forma de prevenção, aliado aos exames periódicos recomendados pelo ginecologista. Especialistas revelam que mesmo com maior incidência entre as mulheres com mais de 50 anos, o câncer de mama vem tendo uma relevância na mortalidade entre mulheres de 20 a 49 anos.

Mulheres, estamos falando de um inimigo real e cruel. Precisamos falar mais sobre isso, nas nossas casas, trabalho, comunidade e conscientizar mais mulheres quanto ao autoexame. A campanha Outubro Rosa é de grande valia, por isso, é muito importante a participação de todas.

Conto com vocês para compartilhar essa informação.

Rosangela Gomes
Deputada Federal
Secretaria Nacional do Mulheres Republicanas

Reportar Erro