Comissão proposta por Alysson Lima irá investigar obras paradas em Goiânia (GO)

Comissão proposta por Alysson Lima irá investigar obras paradas em Goiânia (GO)

Segundo o parlamentar, 40 obras estão paradas em Goiânia causando um prejuízo de R$ 1,2 milhão por mês à Prefeitura

Publicado em 08/02/2018 - 00:00

Comissão proposta por Alysson Lima irá investigar obras paradas em Goiânia (GO)
Segundo o parlamentar, 40 obras estão paradas em Goiânia causando um prejuízo de R$ 1,2 milhão por mês à Prefeitura de Goiânia

Goiânia (GO) – Comissão Especial de Inquérito (CEI) proposta pelo vereador Alysson Lima (PRB) vai investigar 40 obras paradas em Goiânia, afirmou o parlamentar durante a sessão da última terça-feira (6).

Segundo Allysson, o primeiro passo da CEI será ouvir o secretário de Infraestrutura, Fernando Cozzetti, e fazer um levantamento da situação das obras, que segundo o parlamentar, só a interrupção da construção do BRT causa um prejuízo de R$1,2 milhão por mês à Prefeitura de Goiânia. No total, seriam R$40 milhões por gestão.

Ainda segundo o republicano, se hoje (8) os partidos não indicarem os nomes dos vereadores que comporão o colegiado, o presidente da Câmara, Andrey Azeredo escolherá os membros. Com isso, a primeira reunião da CEI deve ocorrer ainda na próxima semana.

Além do BRT, estão paradas as obras de 13 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), de uma maternidade, da Marginal Botafogo e do Macambira Anicuns.

Durante a sessão da terça-feira (6), os vereadores aprovaram, em primeira votação, projeto de Alysson Lima que impede a licitação de novas obras, caso haja cinco ou mais trabalhos paralisados na capital.

“Quando um prefeito novo assume o mandato e começa a projetar obras e cinco paralisam, automaticamente ele fica impedido de realizar novas obras. Com isso, não vai ter prejuízo financeiro para ninguém. Chega de desperdício, pois a Prefeitura terá de se esforçar para organizar as obras de sua responsabilidade. Não sou contra obras, mas sim que elas sejam executadas e que não haja desvio de dinheiro público”, explicou Alysson Lima.

Texto: Agência PRB Nacional
Foto: Francisco Carvalho / Ascom – Câmara Municipal de Goiânia

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend