Vitor Paulo quer desenvolvimento rural sustentável do DF e Entorno

Republicano reuniu-se com a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, e com o secretário-adjunto da Casa Civil do DF, Marcelo Martins, para debater o assunto

Publicado em 15/04/2019 - 00:00

Brasília (DF) – O secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal, Vitor Paulo (PRB), reuniu-se na sexta-feira (12), com a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, com o secretário-adjunto da Casa Civil do DF, Marcelo Martins, e técnicos do órgão para discutir projetos que fortaleçam o desenvolvimento rural e a segurança alimentar da população do DF e Entorno por meio de Assistência Técnica e Extensão Rural.

Na reunião foram apresentadas propostas para a agricultura familiar e assentados da Reforma Agrária no DF; fortalecimento dos municípios do Entorno com geração de emprego e renda; implementação de compras institucionais nos municípios e familiarização dos agricultores com as inovações tecnológicas.

Denise Fonseca destacou a importância de se estabelecer uma gestão compartilhada com os governos de Goiás e Minas Gerais e prefeituras para a implementação de novos projetos que permitam o maior desenvolvimento da região. “É necessário uma gestão compartilhada porque existem interesses de ambos os lados. Temos que fazer uma gestão responsável dividindo despesas para que possamos prestar uma boa assistência aos municípios. Acho que isso facilitaria muito a geração de emprego e renda”, disse.

Com relação a essa questão de parceria com outros governos, Vitor Paulo lembrou que está em discussão uma Medida Provisória 862/2018, que trata sobre a criação da Região Metropolitana do DF. A MP permitirá entre outras coisas, por exemplo, que os governos locais firmem convênios para captar recursos, simplificando esforços e reduzindo gastos.

Outro ponto importante levantado pelo secretário para que a Emater consiga mais recursos está na questão da venda de serviços. “Eu acho isso muito importante. Quando o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) foi criado o conceito era exatamente esse de vender serviço. Muitos países precisam dessa nossa tecnologia de segurança alimentar. Seria de grande valia exportarmos nossa expertise”, ressaltou.

Texto e foto: Ascom – secretário Vitor Paulo

Reportar Erro
Send this to a friend