Vacaria (RS) recebe audiência pública “Nossas Estradas”

Debate foi proposto pela deputada estadual Fran Somensi (Republicanos-RS) para discutir a atual situação das rodovias da região

Publicado em 19/08/2019 - 00:00

Vacaria (RS) – Proposta pela deputada estadual Fran Somensi (Republicanos-RS) na Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, a 2ª audiência pública “Nossas Estradas”, realizada na Câmara Municipal de Vacaria, reuniu quatro deputados estaduais, prefeitos e vereadores da região dos Campos de Cima da Serra, presidentes de entidades representativas e a comunidade local. Foram mais de três horas de debate na noite de quinta-feira (15), com fortes contribuições sobre a pauta, que aborda a atual situação das rodovias e busca definir as prioridades de cada região com relação a infra-estrutura e os modais de transporte.

No início de sua fala, Fran Somensi contextualizou o debate com um panorama da região e destacando alguns pontos críticos. “Na BR 116 precisamos de correções no trecho que liga Caxias do Sul a Vacaria, temos que repensar o traçado dessa rodovia, reduzindo o número de curvas, para viabilizar a passagem de Bitrens e melhorar o escoamento de cargas e fluxo de toda a região…E urgente, precisamos nos mobilizar pela conclusão da BR 285″, destacou a republicana.

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), o projeto de implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC compreende 30 quilômetros de obras entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. No Lote 1, em São José dos Ausentes, na Serra Gaúcha, são 8,376 quilômetros de traçado independente do trecho existente. Com 400 metros de extensão, a principal obra de arte prevista para este segmento é a ponte sobre o Rio das Antas, que também terá a função de passagem de fauna.

Segundo Daniel Bencke, analista de infraestrutura de transporte do DNIT, que estava presente na audiência, esta ponte está encarecendo o projeto em mais de R$ 12 milhões.”Apesar desta exigência do Ibama, desta ponte ser em forma de teleférico, o projeto já está encaminhado e em fase de licitação”, esclareceu.

Outros pontos levantados na audiência foram, o asfaltamento da rodovia 110 , na rota da Neve entre Bom Jesus e São Joaquim; um trecho que foi Federalizado, mas ainda não concluído. Os acessos asfálticos de Pinhal da Serra pela ERS 456 e Monte Alegre dos Campos na ERS 439 e, ainda, a recuperação da estrada que liga Cambará do Sul a São José dos Ausentes pela ERS 020.

“Hoje, o estado do Rio Grande do Sul transporta mais de 80% de sua carga pelo modal rodoviário. Na Serra Gaúcha o índice chega a 90%, tornando o custo com logística muito alto… é o segundo mais caro do Brasil. Isso faz com que não tenhamos competitividade com estados como São Paulo, Paraná e Santa Catatina”, considerou o deputado Tiago Simon.

Outra demanda destacada foi a conclusão e ativação do aeroporto Aeroporto de Vacaria, com capacidade para transporte de cargas e de Passageiros para vôos regionais. De acordo com o Deputado Carlos Búrigo, está sendo agendado uma audiência com a companhia aérea Gol para o início do próximo mês, buscando uma definição do Tema. E falando em logística e mobilidade de uma forma mais ampla, os presentes levantaram, também, a questão da ativação da linha férrea que já existe em Vacaria, mas encontra-se parada por falta de um terminal rodoferroviário.

Um dos pontos fortes e novidade nos objetivos da audiência, foi o encaminhamento final, onde o deputado Rodrigo Lorenzoni, ficou de agendar uma audiência com o Ministro Chefe da Casa Civil ônix Lorenzoni, para apresentação do relatório final, que será gerado após as três sessões deliberativas. A primeira foi realizada em Caxias no dia 01 de julho, a segunda em Vacaria em 15 de agosto e a terceira e última, que engloba os três pólos dos Coredes Serra, será em Gramado com data ainda a ser definida pela comissão.

Texto: Ascom – deputada estadual Fran Somensi
Foto: Anderson Barros

Reportar Erro