Projeto de Altair Moraes estimula inclusão digital da população idosa de São Paulo

Ideia é incentivar os idosos ao uso da tecnologia, com instruções sobre internet, acesso ao e-mail, manuseio de smartphones, aplicativos etc

Publicado em 05/05/2019 - 00:00

São Paulo (SP) – Preocupado com a população idosa do Estado de São Paulo, o deputado estadual Altair Moraes (PRB-SP) apresentou o Projeto de Lei 513/2019 que institui o Programa Paulista de Incentivo ao Idoso.

A proposta tem como objetivo incentivar os idosos ao uso da tecnologia, com instruções sobre o uso da internet, acesso ao e-mail, manuseio de smartphones, aplicativos e contribuir com a aprendizagem de ferramentas digitais.

“É fato que a expectativa de vida da população aumentou consideravelmente de alguns anos para cá e a inclusão dos idosos no mundo virtual é uma das maneiras de abrir novos horizontes para essa parcela da população”, comentou o republicano.

As atividades relacionadas ao programa serão realizadas nas dependências das escolas públicas de ensino fundamental e médio e serão ministradas pelos próprios alunos, a partir dos 13 (treze) anos de idade. A participação dos alunos será sempre voluntária, mediante cadastro na diretoria de ensino da respectiva escola. As atividades terão duração mínima de 60 minutos, serão ministradas de forma extracurricular e em horário que não conflitante com aulas.

“Temos que pensar pra frente e desenvolver políticas públicas que possam atender a população idosa e não deixá-la à margem da sociedade. O processo de aprendizagem pode e deve ser contínuo. A tecnologia expande o acesso à informação, a qualidade de veiculação e a recepção em diferentes níveis de mídia. E é essa oportunidade que queremos oferecer através da nossa proposta”, ressaltou Altair Moraes.

Segundo dados do IBGE, a expectativa de vida cresceu três meses e 11 dias de 2016 para 2017, chegando a 72 anos e cinco meses para os homens, e 79 anos e quatro meses para as mulheres.

Idosos mais conectados

De acordo com os dados do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), em 2017 o país tinha 126,4 milhões de usuários de internet, o que representava 69,8% da população com 10 anos ou mais. Em 2016, um ano antes, os internautas somavam 116,1 milhões, representando 64,7% da população, um aumento de 9%.

Dos 10 milhões de novos usuários, as pessoas com 60 anos ou mais representaram 23% dos novos usuários de internet. No mesmo período, a população idosa cresceu cerca de 1 milhão, enquanto a população de 60 anos ou mais usuárias de internet, cresceu mais que o dobro, somando 2,3 milhões, apontou o instituto.

Apesar dos idosos serem o grupo que mais cresceu, ainda assim, é o menor grupo etário de usuários conectados se comparado à quantidade total da população de pessoas deste grupo, com apenas 31,1% de toda a população idosa do país conectada na internet. Já os jovens entre 20 e 24 anos são o grupo mais conectado, com 88,4% de toda a população do país nessa idade possuindo acesso à rede.

Texto: Vanessa Palazzi e Miriam Silva / Ascom – deputado estadual Altair Moraes
Foto: Miriam Silva

Reportar Erro