O martelo sentenciador. Você faz parte da mudança

Artigo escrito por Carlos Macedo, deputado estadual pelo PRB Rio de Janeiro

Publicado em 17/04/2017 - 00:00

Na medida do possível, tenho tentado atender respeitosamente a todas as demandas e ações que me são solicitadas. Antes de ser um parlamentar, sou um cidadão, um ser humano, que vive na cidade e no mesmo planeta de todos os que nos acompanham.

Nossa realidade social não é a dos sonhos de nenhum de nós. Mas, continuo acreditando que a política ainda é a melhor ferramenta de transformação, mediação e um dos principais instrumentos de ajustes de convivência de todas as sociedades do mundo.

A lei e a justiça são e devem valer para todos de igual modo. No estado democrático de direito, ninguém, absolutamente ninguém, pode estar acima da lei. Penso que todos nós, brasileiros, podemos perceber isso com as operações noticiadas pela grande mídia. Respeito todos os posicionamentos dos comentários que recebo, mas me preocupa o quanto ainda precisamos avançar em determinados debates. Por isso, a importância da mídia, das opiniões e redes sociais.

Com relação à classe política, todo político que exerce mandato, seja no Poder Executivo ou Legislativo, só está lá pelo fato de, no período de sufrágio, democraticamente, terem votado nele e o elegeram. Ou seja, o voto é o martelo sentenciador dos eleitores, tanto para aprovar, eleger ou reprovar os nomes dispostos nas urnas eleitorais.

Ano que vem haverá eleição. Você tem o poder de decidir quem ou quais serão os seus representantes para a próxima legislatura. O seu voto decide. E, caso alguém esteja se questionando neste momento, o meu voto é só um voto, ele pode não fazer a diferença no resultado final de uma eleição, ou pode? Todo voto possui o mesmo peso e valor no processo eleitoral. Seja do rico ou seja o do pobre.

Mobilize-se, organize-se, crie grupos que coadunem com suas convicções. Tente convencê-los sobre quem você acredita que mereça seus votos. Isso é democracia, isso é revolução social. Acredito que a verdadeira reforma política virá do povo conscientizado, comprometido e determinado em tentar construir uma sociedade mais justa e um mundo melhor de se viver.

Quero ainda informá-los de que a lei vigente é uma coisa, já a aplicação da lei depende muito da mobilização e das denúncias nos órgãos competentes. As casas parlamentares existentes em todo território nacional possuem Comissões temáticas permanentes. Suas premissas são de receber, apurar e combater abusos e crimes. Os parlamentos possuem sítios eletrônicos com mais informações. Se você tem conhecimento de algo que esteja em desacordo com a lei, violência e outros crimes, denuncie.

Caso se sinta inseguro quanto a sua integridade física, utilize os canais que assegurem o anonimato do denunciante. Existem vários órgãos competentes a receber e a apurar as denúncias, como: delegacias, Ministério Público, Procons e outras instituições auditoras e de fiscalização, segundo suas prerrogativas, é claro.
Você faz parte da mudança.

Juntos somos mais fortes, porque juntos podemos muito mais!

*Carlos Macedo é deputado estadual pelo PRB Rio de Janeiro

Reportar Erro