Liberdade de opinião

Artigo escrito por Wagner Montes, deputado estadual pelo PRB Rio de Janeiro e primeiro vice-­presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj)

Publicado em 18/05/2016 - 00:00

Você sabe o significado da palavra tolerância? Tolerar é o ato de admitir nos outros os modos de pensar, de agir e de se sentir diferentes dos nossos. Resolvi falar sobre isso porque tenho visto, inclusive nas redes sociais, uma intolerância absurda à opinião alheia. Amigo, você não precisa concordar com a opinião do colega, basta respeitá-lo! Respeito é bom e todo mundo gosta! Formamos nosso modo de pensar, de agir e de se posicionar de acordo com a nossa história de vida, pelo que passamos e construímos. Só nós mesmos sabemos onde o nosso calo aperta e o que enfrentamos para chegar até aqui.

Existe uma diferença grande entre expressar a sua opinião e lutar contra a opinião do outro. Cada um é cada um e temos que entender isso de uma vez por todas! Infelizmente, tenho visto muitas pessoas perdendo a noção do bom senso. Isso é extremamente perigoso à medida que vivemos em um país democrático e laico. Continuar assim é um tiro no pé! A opinião de cada um seja ela política, partidária, religiosa ou qualquer que seja deve ser respeitada. Ninguém é obrigado a concordar com ninguém, mas temos a obrigação de aceitar o direito do outro de se manifestar sem agredir ou tripudiar.

O respeito e a tolerância às diferentes opiniões é condição essencial para o fortalecimento da democracia. Acredito que pelo menos uma coisa todos nós queremos em comum: a paz. É importante entender que o vizinho pode ter uma opinião independente da sua e nem por isso você tem o direito de achar que ele não presta. Na democracia não precisamos concordar, basta respeitar. Amigos, uma coisa eu tenho certeza: o Brasil precisa de todos nós, cada um com seu modo de pensar, para voltar a crescer. Até porque, vamos combinar que aquela velha frase clichê cabe aqui perfeitamente: “o que seria do azul se todo mundo gostasse do amarelo”? Tá falado!

*Wagner Montes é deputado estadual pelo PRB e primeiro vice-­presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj)

Reportar Erro