Jurailton acompanha retirada das manchas de óleo em Salvador

Jurailton Santos acompanha retirada das manchas de óleo em Salvador

O deputado defendeu que é hora de buscar os responsáveis pelo crime, considerado o maior desastre ambiental da história da costa litorânea brasileira

Publicado em 23/10/2019 - 00:00

Salvador (BA) – O deputado estadual Jurailton Santos (Republicanos-BA) acompanhou, na segunda-feira (21), o trabalho de retirada dos fragmentos das manchas de óleo realizado por equipe da Limpurb, na praia do Jardim de Alah, em Salvador. O material atingiu o litoral nordestino no mês de setembro. Na Bahia, mais de 10 cidades já foram afetadas.

Para o republicano, as manchas de óleo nas praias além de impactar no turismo, prejudica a vida dos pescadores e marisqueiras.

“Quando a pessoa está em casa acompanhando, ela tem uma visão, mas quando ela ver de perto como nós estamos acompanhando o pessoal aqui da Limpurb, a gente percebe que é um trabalho bem artesanal, com bastante cuidado. É impressionante”, pontuou Jurailton.

O deputado acrescentou que é hora de buscar os responsáveis pelo crime, considerado o maior desastre ambiental da história da costa litorânea brasileira.

“Há de se tomar um posicionamento para descobrir a origem desse acidente que é gravíssimo. Não é só a questão do turismo, sendo refletida como na manhã desta segunda-feira, feriado dos comerciários, onde as praias se encontram vazias. Outra questão preocupante é com ganha pão dos pescadores e marisqueiros que sobrevivem da pesca”, disse Jurailton.

De acordo com a Bahia Pesca 13.375 pescadores e marisqueiros foram prejudicados no Estado.

“São pais de família pegando seus barcos, indo pescar e quando voltam com o peixe e o marisco não consegue comercializar porque o consumidor questiona a qualidade do produto, devido o problema das manchas de óleo nas praias”, finalizou o parlamentar.

Texto e foto: Ascom – deputado estadual Jurailton Santos

Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro