José de Arimateia faz vistoria da Barragem de Zabumbão

O deputado conversou com os responsáveis pela manutenção da Barragem Zabumbão e constatou que a estrutura está preservada

Publicado em 02/06/2019 - 00:00

Salvador (BA) – O deputado estadual José de Arimateia (PRB), que é presidente da Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), reservou na última quinta-feira (30) para visitar a barragem de Zabumbão, situada no município de Paramirim, localizado a 742 quilômetros de Salvador.

A iniciativa da inspeção surgiu como forma de verificar minuciosamente as reais condições de segurança do reservatório, que é de responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF). De acordo com informações dos engenheiros e órgãos do segmento presentes, não existe risco de ruptura.

Conforme assegurou o engenheiro agrônomo e assessor técnico da Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da ALBA, Eduardo Macário, a integridade do barramento está intacta e, diferente de outras barragens, os técnicos do órgão responsável têm realizado as manutenções necessárias com frequência. “Não foram detectadas fissuras, rachaduras, nem erosões e o vertedor encontra-se operacional, por meio dos trabalhos de manutenção realizados pela CODFASF. A conclusão é que os problemas sinalizados no relatório da Agência Nacional das Águas (ANA) foram sanados por um processo que começou em 2014”, garantiu.

O parlamentar informou que a CODEVASF ainda irá investir R$ 900.000,00, possivelmente no segundo semestre deste ano, na manutenção abrangendo a estrutura, a limpeza e reparo nos taludes. O republicano denunciou a preocupação dos moradores com os dejetos hospitalares que estão sendo jogados na barragem, contaminando a água e trazendo sérios problemas à saúde da comunidade local. Ele garantiu que irá, como presidente do Colegiado, sugerir que um órgão independente faça uma análise dessa água em prol dos moradores da região.

“Fomos norteados pelo relatório da ANA, que elencou 10 barragens do estado com risco de rompimento iminente. Ultrapassamos as nossas expectativas, pois no total visitaremos três barragens a mais do que o planejado. A barragem de Zabumbão não representa risco, pois 80% dos reparos já foram realizados. Ela precisa apenas da manutenção contínua e um acompanhamento mais preciso”, detalhou José de Arimateia.

Os deputados que integram a Comissão do Meio Ambiente e engenheiros vão estar juntos novamente para analisar, no dia 10 de junho, a Barragem de Cariacá, no município baiano de Monte Santo, uma sugestão do deputado estadual e membro suplente do Colegiado, Laerte do Vando.

Até o presente momento, a Comissão já visitou a Barragem de Araci, a RS1 e RS2, em Camaçari, situada na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a Barragem de Afligidos, localizada no município baiano de São Gonçalo dos Campos, a Barragem de Rejeitos Mineração Caraíba S/A, em Jaguarari, a barragem de Apertado, em Mucugê, a de Pinhões, em Juazeiro, a barragem de Cipó, no município de Mirante, a barragem Luiz Vieira, a barragem de Santo Antônio e a de Tabua II, ambas situadas no município de Ibiassucê. A apresentação do relatório final sobre a situação das 13 barragens analisadas será no dia 19 de junho, às 10h15, na Sala Eliel Martins, localizada na Casa Legislativa.

Texto: Ludmilla Cohim – Ascom do deputado estadual José de Arimateia (BA)
Fotos: Sandro Santos  – Ascom do deputado estadual José de Arimateia (BA)

Edição: Agência PRB Nacional

Reportar Erro