João Luiz apoia CPI dos combustíveis na Assembleia Legislativa do Amazonas

“Vamos abrir a caixa preta para saber por que os postos dos cobram abusivamente valores iguais no litro da gasolina, álcool e diesel”, disse o deputado do PRB

Publicado em 27/02/2019 - 00:00

Manaus (AM) – O presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, deputado estadual João Luiz (PRB-AM), assinou a instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Combustíveis, na manhã de terça-feira (26), durante grande expediente no plenário Ruy Araujo.

Autor da indicação da CPI dos Combustíveis, o deputado estadual Álvaro Campelo ofereceu a João Luiz a presidência a Comissão Parlamentar de Inquérito, que visa combater irregularidades na cobrança de combustíveis. O republicano aproveitou para pedir apoio dos órgãos estaduais e municipais de defesa dos consumidores para apoiar a CPI dos combustíveis da Aleam.

“Defendo o que é melhor para a população, por isso aceitei assinar a CPI. Como presidente de Defesa do Consumidor da Aleam, meu compromisso é combater as cobranças abusivas, exemplo do que acontece nos postos de combustíveis. Vamos abrir a caixa preta para saber por que os postos dos cobram abusivamente valores iguais no litro da gasolina, álcool e diesel”, disse o deputado do PRB.

Depois de instalada a CPI, a Comissão terá o prazo máximo de até 120 dias para concluir, por meio de procedimentos investigativos, se de fato existe um cartel no valor dos combustíveis em postos do Amazonas. Em 2011 a Polícia Federal conseguiu constatar, por meio de investigação, que existia um quartel de donos de postos de combustíveis em Manaus.

 

Texto: Ascom – deputado estadual João Luiz
Edição: Agência PRB Nacional
Fotos: Mauro Smith

Reportar Erro