Idosos: William Brigido diz que violência precisa acabar

Deputado do PRB alertou sobre o aumento da violência em todo o país contra os idosos

Publicado em 14/06/2019 - 00:00

Recife (PE) – Em pronunciamento na Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado estadual William Brigido (PRB-PE) alertou sobre o aumento da violência em todo o país contra a pessoa idosa.

Segundo o parlamentar, em Pernambuco foram registrados 391 casos de violência de janeiro a abril deste ano, um aumento de 140% em relação ao mesmo período do ano passado. “O tipo de agressão mais frequente é a negligência. É preciso, urgentemente, a mudança de consciência das gerações mais novas. Temos que reavaliar o valor daqueles que já contribuíram com a criação dos filhos e netos e hoje merecem nosso cuidado, carinho e total atenção”, disse Brigido.

O parlamentar do PRB lembrou que neste sábado, 15 de junho, é celebrado o Dia Mundial da Conscientização contra o Abuso de Idosos. No Brasil, essa parcela da sociedade vem crescendo com muita rapidez, e de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2060 o percentual de brasileiros com mais de 65 anos passará dos atuais 9,2% para 25,5%, ou seja, mais de 58 milhões de idosos.

Brigido frisou, ainda que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), atualmente um em cada seis idosos é vítima de algum tipo de violência. O deputado defendeu o cumprimento do Estatuto do Idoso (Lei Federal nº 10.741/2003), que proíbe qualquer tipo de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão contra essas pessoas. “Vamos buscar alternativas para melhorar e fazer valer o Estatuto do Idoso”, concluiu o deputado.

Texto: Carlos Gambôa / Ascom – deputado estadual William Brigido
Foto: José Fernando

Reportar Erro