Halum apresenta potencial agropecuário do Tocantins para árabes

Secretário de Agricultura apresentou as potencialidades do estado para representantes do Fundo de Desenvolvimento de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos

Publicado em 26/06/2019 - 00:00

Palmas (TO) – Em reunião ocorrida na segunda-feira (24), na Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), em Palmas, o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), César Halum (PRB), acompanhado do diretor de Agricultura, Agronegócio e Pecuária da Seagro, José Américo, apresentou as potencialidades do Tocantins na setor do agronegócio para representantes do Fundo de Desenvolvimento de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

Sobre o mercado interno, o secretário focou a viabilidade econômica do Tocantins, situando o estado numa região estratégica de um raio de 600 km, interligando os estados do Maranhão, Bahia, Piauí, Distrito Federal, Goiás e Pará, com 5,2 milhões de habitantes. “Essa região é importante estratégica e economicamente e corresponde a um por cento do Produto Interno Bruto”, argumentou César Halum.

O gestor da Seagro também explanou sobre o potencial agro do Tocantins. Informou aos investidores, que o estado possui 5 milhões de hectares de áreas disponíveis para a agricultura e 1,5 milhão de hectares de áreas plantadas. Cesár Halum destacou ainda, o rebanho bovino de 8,5 milhões de cabeças.

Participaram da reunião o secretário da Idústria, Comércio e Serviços (Sics) Rivaldo Darci Chiareloto, técnicos da Sics; Abdelrahman Almaazmi, responsável pela área de Negócios da Embaixada dos Emirados Árabes; Sharif Alsuwaidi e o Conselheiro do Fundo, Tariq Obaid.

Ainda pela manhã, César Halum participou de evento no Palácio Araguaia com o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antonio.

Fundo

Investir prioritariamente na iniciativa privada, os árabes buscam no Tocantins oportunidades de negócios com investimentos nos setores de agricultura e compra de propriedades particulares que já tenham negócios e infraestrutura prontos.

Criado em 1971, o Fundo de Desenvolvimento de Abu Dhabi apoia com empréstimo e investimento países em desenvolvimento a alcançarem o crescimento econômico sustentável e reduzir a pobreza, com recursos financeiros concessionários na forma de empréstimo de acordo com as exigências da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Com o capital de 4,3 bilhões de dólares, o Fundo já beneficiou 88 países.

Texto e foto: Ascom – Seagro/TO

Reportar Erro