Fábio Freitas se reúne com comandante do 4º Distrito Naval

Na pauta, a questão da segurança nos rios da Amazônia e a viabilidade de instalação de indústrias de reparos de embarcações

Publicado em 04/08/2019 - 00:00

Belém (PA) – Preocupado com a questão da segurança nos rios da Amazônia e como membro da Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), o deputado estadual Fábio Freitas, líder do PRB, se reuniu na quinta-feira (1º), com o vice-almirante Newton de Almeida Costa Neto, do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN). “Também tratamos sobre a viabilidade de instalação de indústrias de reparos de embarcações, para a geração de emprego e renda no Estado”, disse o parlamentar.

Na ocasião, o vice-almirante foi convidado por representante do grupo Universal nas Forças Policiais (UFP), para a condecoração e consagração das forças de segurança e forças armadas a ser realizada em 25 de agosto que é o Dia do Soldado.

Em maio, o parlamentar promoveu uma audiência pública para discutir a segurança e o combate à pirataria nos rios da Amazônia, na Alepa. Na ocasião, entre as autoridades convidadas para o debate, o diretor do Grupamento Fluvial da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Arthur do Rosário Braga, informou que o Estado já procura implementar soluções para o problema da criminalidade nos rios.

Compete à Comissão de Segurança

*Opinar sobre o mérito de todas as matérias inerentes à segurança pública em tramitação na Assembleia Legislativa;
*Realizar audiências públicas para discutir com a sociedade civil organizada soluções para questões de segurança pública no Estado, encaminhando os resultados para o Poder Executivo;
*Realizar estudos com vistas a sugerir ações ao Poder Executivo;
*Designar um de seus membros para acompanhar, quando julgar conveniente, inquéritos policiais e/ou inquéritos e processos administrativos instaurados no âmbito das Polícias Militar e Civil do Estado para apurar a participação de seus integrantes em atos delituosos;
*Estabelecer um canal de comunicação permanente com a sociedade paraense, de forma a que possam ser apresentadas sugestões, críticas e denúncias contra a atuação das Policias Militar e Civil no âmbito de todo o Estado;
*Solicitar ao Comandante Geral da Policia Militar e ao Secretário de Estado de Segurança Pública as informações que julgar necessárias sobre fato determinado;
*Elaborar preposições para discussão da Assembleia Legislativa.

Texto: Paula Portilho / Ascom – deputado estadual Fábio Freitas
Foto: Erivan Damasceno

Reportar Erro