Educação como prioridade

Artigo escrito por Ossesio Silva, deputado estadual pelo PRB Pernambuco.

Publicado em 22/01/2015 - 00:00

“Educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo”, essa frase é de Paulo Freyre, considerado patrono da educação brasileira e um dos pensadores mais notáveis na história da Pedagogia mundial, ele sabia bem o quanto a educação era fundamental como instrumento de transformação da sociedade. De fato, tudo parte de uma boa educação. Pois, é dela que se forma o caráter, a moral e os bons costumes, sendo responsável pela formação da essência do indivíduo e de colaborar, efetivamente, para o desenvolvimento de um país, principalmente no âmbito econômico.

Não é novidade que todos os países desenvolvidos investiram muito em educação, não seria interessante seguimos o mesmo exemplo?! O Brasil, lamentavelmente, sempre ocupa as derradeiras posições em rankings mundiais. Esses resultados são frutos do despreparo brasileiro no desenvolvimento de políticas efetivas que possam suprir essa lacuna. No início deste ano, a presidente Dilma Rousseff, começou seu segundo mandato com o lema “Brasil, Pátria educadora” e afirmou que a frase sintetiza a educação como prioridade de seu governo para os próximos quatro anos, ressaltando que “Só a educação liberta um povo e abre as portas de um futuro próspero”. Concordo plenamente. Já estava mais do que na hora do governo priorizar os investimentos nesse setor e fazer um profundo debate nacional sobre o sistema educacional do nosso país.

É hora de refletir as consequências sociais que o Brasil vem passando pela deficiência dessa poderosa ferramenta. Com esse compromisso firmado, a presidente coloca a educação brasileira em um novo patamar, como um alvo a ser alcançado, a fim de fomentar em nosso país um novo momento para a educação brasileira. Não será uma tarefa fácil, mas estaremos dispostos e, sobretudo, otimistas.

 

*Ossesio Silva é deputado estadual pelo PRB Pernambuco

Reportar Erro