Eduardo Lopes participa de reunião do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável

Na pauta, a recomposição do conselho; apresentação de estruturação das Câmaras Técnicas; e a revisão e aprovação do Regimento Interno

Publicado em 10/04/2019 - 00:00

Rio de Janeiro (RJ) – O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Eduardo Lopes (PRB), participou na manhã de segunda-feira (8), de uma reunião ordinária do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (Cedrus), no auditório da Seappa. O encontro contou com a presença do subsecretário Ramon Neves, dos adjuntos: Adriano Lopes e Edmir Amanajás, do subsecretário de Agronegócio e Indústria da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda (Sedeger), Felipe Cáceres, além de representantes de entidades públicas e da sociedade civil.

Dentre os temas em pauta discutidos destacaram-se: a recomposição do Cedrus; a apresentação de estruturação das Câmaras Técnicas; e a revisão e aprovação do Regimento Interno. Durante a abertura do evento, o secretário Eduardo Lopes fez um breve discurso e falou da importância do encontro para o Estado do Rio de Janeiro. “Hoje é um dia muito importante para aqueles que estão firmemente engajados com o desenvolvimento rural sustentável em nosso estado. Quero aqui externar meu compromisso pessoal à frente da Seappa em relação à restauração do desenvolvimento do setor rural por meio do Cedrus”, afirmou.

Ele destacou a atuação dos municípios dentro da estratégia do desenvolvimento econômico, objetivo que a população fluminense espera ver efetivamente concretizado. “Este conselho, mais do que nunca, merece nosso respeito e suporte, a fim de executar as atribuições com êxito, do jeito que o povo fluminense espera ser realizado. Não podemos deixar de destacar a relevância da ação dos municípios para este objetivo. Afinal, é neles, em particular, nos interiores, que vemos os resultados na agricultura, pecuária e pesca, que tanto contribuem para a riqueza do Rio de Janeiro e dos nossos produtores”, disse o secretário.

Para Felipe Cáceres, a Secretaria de Agricultura se encontra absolutamente alinhada na promoção do desenvolvimento rural fluminense. “Não há desenvolvimento econômico no estado sem passar pelo rural. É com grande satisfação que entregamos este grupo de trabalho dando apoio institucional e discutindo questões relacionadas ao agronegócio para a busca de novos caminhos que permitam um crescimento relevante de nossa economia”, relatou.

Durante o encontro do Cedrus, avaliou-se o andamento dos projetos em pauta, tanto da gestão anterior quanto da atual, que venha, na prática, a favorecer os agricultores familiares, produtores, pescadores artesanais, os programas que a Secretaria, com as suas empresas vinculadas, vem propagando pelos municípios, como o Pronaf, as linhas de créditos apoiadas pelo Banco do Brasil, e os programas Estradas da Produção e Rio Rural.

Segundo o subsecretário adjunto de Agricultura Familiar, Adriano Lopes, o Cedrus funciona no âmbito da Secretaria de Estado de Agricultura e possui caráter deliberativo, na qual passarão na nova administração e as discussões em relação às principais temáticas de desenvolvimento do agronegócio.

“Haverá câmaras setoriais montadas com participações de especialistas e equipes técnicas dedicadas, que irão auxiliar a administração pública na formatação e em ordenamentos. Além disso, melhorias de processos e diretrizes irão possibilitar que o desenvolvimento ocorra nas cadeias produtivas de maneira sustentável e sustentada, também, do ponto de vista econômico e social”, ressaltou.

O subsecretário da Seappa, Ramon Neves, lembrou que outros lados também serão vistos sempre com o objetivo de integrar a produção à comercialização, associados à tecnologia de ponta. “O funcionamento do Cedrus tem a finalidade de harmonizar as diretrizes e políticas públicas que se desenvolvem dentro do setor agropecuário de pesquisa; composto 50% por entidades públicas e 50% por entidades da sociedade civil. Esse caráter de integração e harmonia do poder público com a sociedade irá trazer garantias e serenidade para que as políticas sejam tratadas de maneira acertada em conformidade com os anseios de quem desenvolve as atividades, que são os produtores, os pescadores e os agricultores familiares”, disse.

O Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (Cedrus) é integrado por dezenas de entidades representativas de organizações de produtores, agricultores familiares, universidades, instituições bancárias, poder público municipal, estadual e federal, inclusive quilombolas. Reúne-se regularmente durante sessões ordinárias para a análise e a aprovação de projetos e acompanhar as eventuais restruturações regimentais, inclusões e exclusões de membros. O Cedrus assume a responsabilidade de trazer alternativas viáveis para melhorar a economia estadual ao mesmo tempo em que procura promover a geração de mais emprego e renda para o setor do agronegócio no estado do Rio de Janeiro.

Texto e foto: Ascom – Seappa
Edição: Agência PRB Nacional

Reportar Erro
Send this to a friend